14 de agosto de 2018
  • :
  • :

Embaixador de Israel conhece ações da Secti e da Seagri

Embaixador de Israel conhece ações da Secti e da Seagri

Estreitar as relações entre Bahia e Israel foi um dos principais objetivos do encontro entre o embaixador do país árabe, Yossi Shelley, e secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Rodrigo Hita (PSB), nesta sexta-feira (27), em Salvador. Yossi apresentou potenciais parcerias e aproveitou para conhecer um pouco do ecossistema de inovação do estado.

O diálogo, “muito proveitoso”, segundo Hita, também girou em torno do interesse da Bahia em entender e aproveitar tecnologias importantes na área de dessalinização de água. “Essas tecnologias podem nos ajudar a conviver com a questão da seca, que atinge várias regiões, sobretudo o semiarido”. O secretário também destacou que “Israel é uma nação conhecida e importante na inovação, portanto, conversamos sobre diversos temas, inclusive intercâmbio de startups”.

Para Yossi, o encontro, que aconteceu na quinta-feira (26), abriu a janela para saber quais coisas estão no interesse do Governo da Bahia, e ainda que potencial Israel tem para oferecer nessa cooperação. “Escutei um pouco do secretário e pude ter conhecimento das coisas. Vamos continuar o diálogo e iremos fazer novas visitas com especialistas de segurança, prosseguir com a parceria e os novos negócios com a Bahia”.

Agricultura – Representando a secretária da Seagri, Andrea Mendonça (PDT), que estava em agenda externa com o Governador, Rui Costa, o Chefe de gabinete da Secretaria, Eduardo Rodrigues, ressaltou a importância do encontro e agradeceu a visita do embaixador. “Momento democrático em que estreitamos os laços entre o Brasil e Israel, através da Bahia. Gostaria de transmitir os agradecimentos da Secretária e do Governador por esse encontro. A Bahia é um dos Estados mais desenvolvidos do país, temos um agronegócio forte e há um interesse em estreitar os laços com Israel”, disse.

Ainda segundo, Eduardo Rodrigues “essa é uma troca de experiências. Mostramos o que temos de melhor na agropecuária, de recursos naturais e geograficamente. E ouvimos como esses negócios podem se expandir. Foi uma tarde muito produtiva e tenho certeza que esse contato será mantido”. Foram apresentados temas como os principais, produtos cultivados no Estado, variedades, irrigação, pesquisas e defesa sanitária.

Durante todas as palestras ministradas, o embaixador ficou impressionado com o potencial baiano “há uma diversidade muito grande no Estado. Vocês produzem algodão, manga, banana, soja. Estou muito satisfeito com o que eu vi e vou manter contato com o Estado, através da SEAGRI para que possamos firmar boas parcerias. Espero voltar mais vezes a Bahia para que essa relação seja ampliada entre os Estados. Quero apresentar essas experiências pelo mundo e trazer o que temos de melhor lá em Israel para a Bahia. Essa cooperação técnica e cientifica é fundamental para o desenvolvimento”, finalizou.

Para o embaixador essa troca de experiência fortalece essa relação bilateral. As palestras apresentadas trataram sobre: Mangicultura: cultivo, variedades e irrigação; Pesquisas de novas variedades de manga do vulcani center de Israel no Vale do São Francisco; Programa Fitossanitário da Soja e do Algodão e Potencial Aquífero.

Foto: Gabriel Pinheiro/SECTI




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *