16 de julho de 2018
  • :
  • :

Mundial de Surfe: Filipinho, Medina, Ian e Michael avançam em Saquarema

Mundial de Surfe: Filipinho, Medina, Ian e Michael avançam em Saquarema

Os brasileiros Filipe Toledo, Ian Gouveia, Gabriel Medina e Michael Rodrigues estão no round 4 da etapa de Saquarema, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. Eles levaram a melhor na disputa da terceira rodada contra Keanu Asing, Jordy Smith, Mikey Wright e Frederico Morais, respectivamente. Os três estrangeiros estão eliminados do torneio válido pelo Circuito Mundial de Surfe.

Atual líder do ranking, Ítalo Ferreira acabou derrotado pelo também brasileiro Yago Dora e é mais um que não segue adiante. Com a derrota, o potiguar perderá a liderança do ranking para o australiano Julian Wilson, que passou de fase.

O primeiro brazuca a entrar na água foi Ian Gouveia, que conseguiu um somatório bom de 14.26, sendo que sua melhor nota foi um 9.93, ou seja, uma onda quase perfeita. O brasileiro desceu um tubo longo de forma sensacional e finalizou com uma cortada já comemorando. O rival Jordy Smith, da África do Sul, saiu com 10.90, sendo eliminado. Michael Rodrigues bateu o português Frederico Morais com 13.70 a 11.07.

Filipe Toledo, por sua vez, fez uma bateria complicada com Keanu Asing. Tanto o brasileiro quanto o havaiano não conseguiram pontuar alto, pois o mar não estava nas melhores condições. O primeiro, contudo, soube aproveitar melhor as chances e saiu com somatório de 6.90. O havaiano terminou com 6.37. No round 4, Filipinho fará uma bateria brasuca com Michael Rodrigues e Ian Gouveia.

Gabriel Medina saiu feliz da água ao derrotar Mikey Wright. O australiano surfou bem, fazendo 12.64, mas o brasileiro ainda assim conseguiu superá-lo com um 13.10. A melhor nota do campeão mundial de 2014 foi um 6.67, e o duelo foi bem equilibrado. O paulista de Maresias está no quarto round.

“Ele (Mikey Wright) está surfando muito bem, até mesmo no QS e vocês provavelmente vão vê-lo ano que vem na elite (risos). Hoje é aniversário da minha irmã e queria parabenizá-la”, comentou Gabriel Medina, dedicando a vitória de presente à Sophia.

O brasileiro Willian Cardoso está eliminado. Ele não conseguiu passar pelo americano Kolohe Andino. O atleta local terminou com 2.57 contra 12.40 do estrangeiro, sendo totalmente dominado nessa bateria. Alejo Muniz também está fora. O brazuca fez 8.94 e foi derrotado por Julian Wilson, da Austrália, com 9.34. Tomas Hermes foi outro que ficou de fora do round 4 ao perder para Sebastian Zietz por 14.27 a 9.17.

Numa das baterias mais aguardadas da terceira fase, Ítalo Ferreira foi superado por Yago Dora por 10.56 a 9.70. O potiguar saiu na frente com uma onda de 5.83, mas levou a virada. No fim, o líder do ranking precisava de um 4.73 para voltar a liderar a bateria, mas a onda salvadora não surgiu e ele acabou amargando a eliminação.

Na última bateria da terceira fase, Miguel Pupo não resistiu a John John Florence. Com ondas de 8.17 e 9.80, o atual bicampeão mundial despachou o brasileiro, que somou apenas 8.26 ao longo do confronto.

Foto: Damien Poullenot/WSL




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *