20 de outubro de 2018
  • :
  • :

Rei de Ilê-Ifé visita a Câmara de Salvador nesta quinta

Rei de Ilê-Ifé visita a Câmara de Salvador nesta quinta

Considerado o maior representante dos yorubás no mundo, o rei de Ilê-Ifé, da Nigéria, Adeyeye Enitan Babatunde Ogunwusi Ojaja II, descendente direto de Odùdúwà, estará em Salvador estreitando laços com religiosos de matrizes africanas. Nesta quinta-feira (7), às 15h30, no Salão Nobre da Câmara, ele assinará um documento de cooperação entre as culturas iorubana e brasileira.

Conforme o vereador Sílvio Humberto (PSB), “é oportuno aproveitar a visita do rei de Ilê-Ifé a Salvador, concretizando essa reaproximação com as origens de uma parte significativa da população da nossa cidade”.

A visita do rei nigeriano vai estreitar a irmandade entre Salvador e Ilê-Ifé. As duas cidades passaram a ser irmãs com a aprovação na Câmara do Projeto de Lei nº 155/18, uma iniciativa da Comissão de Reparação por meio do vereador Sílvio Humberto. A cidade africana está situada no sudoeste da Nigéria.

Segundo o presidente do colegiado, vereador Moisés Rocha (PT), o rei de Ilê-Ifé (também chamado de OOni Ogunwusi) “manifestou interesse em estreitar os laços entre o povo soteropolitano e a nação iorubá”. Conforme o parlamentar, Salvador e Ilê-Ifé possuem convergências que unem os seus povos, a exemplo das manifestações culturais e religiosas.
Além da Bahia, OOni Ogunwusi passará pelos estados do Rio de Janeiro, entre os dias 11 e 13, e de Minas Gerais, entre 14 e 16 deste mês.

Programação em Salvador:

Quinta-feira (7), às 8h30 – Ritual simbólico da bênção da terra baiana e apaziguamento das almas dos negros escravizados com participação das autoridades cívicas e das comunidades de candomblé, na Avenida Contorno (praia ao lado do Restaurante Amado).
10h30 – Solenidade de Declaração da Bahia como Capital Yorubá das Américas e coletiva da imprensa no auditório da Governadoria do Estado da Bahia (Centro Administrativo da Bahia).
15h30 – Assinatura do Memorando do Protocolo de cooperação entre as culturas iorubana e brasileira, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Salvador.

Sexta-feira (8), 14h – Colóquio Internacional Odùdúwà – Língua, Literatura e Epistemologias Iorubanas, no auditório da Faculdade de Medicina da Ufba (Terreiro de Jesus).

Sábado (9), 10h às 12h – Visita ao Santuário Pedra de Xangô onde será erguida a estátua de Odùdúwà para povo de candomblé (Cajazeiras).

Domingo (10), 9h às 12h – Solene do Oonide Ifépelo para Povo de Santo e comunidade baiana no “Diálogo dos Tambores África-Bahia”, no Teatro Gregório de Matos.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *