20 de julho de 2018
  • :
  • :

Policiamento garante sucesso do 1º dia do Camaforró

Policiamento garante sucesso do 1º dia do Camaforró

O item segurança tem atenção especial no Camaforró, a melhor festa de São João da Região Metropolitana de Salvador, que acontece de 21 a 23 de junho. O policiamento será feito pelo 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Camaçari, pela Polícia Civil, por meio da 18ª Delegacia Territorial (DT) de Camaçari, além de seguranças particulares, brigadistas civis, agentes do Juizado da Infância e Juventude, bem como representantes do Conselho Tutelar e do Observatório de Discriminação Racial e LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros).

O efetivo da PM contará com 250 policiais, que vão se revezar em dois turnos e dispor de plataformas elevadas, além de 16 câmeras de videomonitoramento, sendo 12 fixas e quatro Speed Domes com giro de 360°, que cobrirão todo espaço da festa e vão auxiliar na identificação de situações suspeitas e/ou delituosas. Segundo o capitão Danilo Freire, a recomendação para os forrozeiros, que vem ao Espaço Camaçari 2000 curtir a festa, é vir com espírito de paz para aproveitar a festa com tranquilidade e segurança.

Ainda segundo o capitão, para coibir qualquer tipo de situação, logo na entrada da festa as pessoas passaram por abordagens realizadas pelos seguranças particulares, sob supervisão dos PMs. Além disso, rondas constantes acontecerão nos pontos considerados críticos da festa e por toda extensão do evento visando inibir atos de violência, como roubos, furtos, entre outro, bem como reduzir as possibilidades de atos que possam causar tumulto e atrapalhar o andamento do evento. “Não trazer objetos de valor, ou que possam ser considerados arma branca, já é de grande ajuda para o nosso trabalho, pois evita a ocorrência de situações desagradáveis”, aconselhou o policial.

Já o trabalho da Polícia Civil conta com 50 agentes, somados a mais 250 seguranças particulares, 30 brigadistas civis e 60 agentes do Juizado da Infância e Juventude. De acordo com a titular da 18ª DT de Camaçari, Thaís Siqueira, os índices de violência abaixam a cada edição do evento. Para que isso se mantenha, no local foi montada uma delegacia com toda estrutura para atender a população. Desta forma os procedimentos podem ser lavrados no próprio local. “Em mais um ano estaremos trabalhando atentos e atuantes quanto à segurança dos forrozeiros”, concluiu a delegada.

A estrutura conta ainda com apoio da RONDESP (Rondas Especiais), da CIPE (Companhia Independente de Policiamento Especializado) Polo Industrial, do BEPE (Batalhão Especializado em Policiamento de Eventos) e do Corpo de Bombeiros.

Foto: Tiago Pacheco/Ascom-PMC




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *