21 de outubro de 2018
  • :
  • :

Ex-bandeirinha Fernanda Colombo vai à Rússia apoiar árbitro brasileiro

Ex-bandeirinha Fernanda Colombo vai à Rússia apoiar árbitro brasileiro

Quando Sandro Ricci estiver em campo neste sábado apitando o jogo da Rússia contra a Croácia, os olhos de Fernanda Colombo estarão grudados no aparelho de TV. Não que a ex-bandeirinha torça para alguma destas seleções (mesmo com a saída da nossa) na Copa do Mundo. Mas em campo estará Sandro Ricci, o árbitro da partida e noivo da loira.

Fernanda está unindo trabalho e amor. Ela é uma das participantes do “Time do Tas”, na companhia de Marcelo Tas, nas transmissões do Mundial e chega à Rússia na segunda-feira. “Estou indo, pois estou fazendo a cobertura da Copa. Mas é claro que vou para prestigiar meu noivo também”, conta ela, que “pisará” numa Copa do Mundo pela primeira vez.

Episódio machista – A ex-bandeirinha ficou conhecida por um dos episódios mais machistas já vistos no futebol brasileiro. pelo menos de que se tem notícia. Fernanda fez o curso de arbitragem há quase dez anos. Em 2010 começou a bandeirar. Chegou a ser aspirante Fifa, atuou em mais de 50 jogos profissionais, mas foi apedrejada pela beleza em campo e por um erro, que talvez fosse homem, não renderia tanto.

Ao marcar um impedimento contra o Cruzeiro, ouviu do dirigente do clube, Alexandre Mattos, que fosse posar “para a Playboy” porque “não tinha preparo”.

“Hoje, infelizmente, o cenário machista ainda continua. Nessa Copa tivemos muitos exemplos. Eu parei de arbitrar e um dos projetos foi o livro de regraa para criança. Só com a educação podemos acabar com o desrespeito e machismo”, avalia a moça, que pendurou a bandeira e quer investir no jornalismo.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *