16 de julho de 2024
  • :
  • :

Bahia tem mais de 1,5 milhão de analfabetos, diz IBGE

Bahia tem mais de 1,5 milhão de analfabetos, diz IBGE

Uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que na Bahia existem 1.538.293 de pessoas com 15 anos ou mais que não sabem ler ou escrever. Do total, 122.344 estão na Região Metropolitana de Salvador (RMS) e as outras 61.351 na própria capital.

Os estudos trazem outras comprovações relacionadas as mulheres e negros. A análise mostra ainda que 39,5% das mulheres acima de 60 anos são as maiores vítimas do analfabetismo. Entre negros e pardos com mais de 60 anos, a taxa salta para 41,1%, lembrando que 82% da população baiana é composta por essa etnia.

Outro apontamento refere-se à média de estudos. Na Bahia, entre os brancos de 18 a 39 anos, o período é de 10 anos. Esse é o mesmo tempo de estudo entre mulheres baianas de 18 a 29 anos. Já o menor índice registrado foi no grupo de pessoas pretas e pardas com idade acima de 60 anos, com período de apenas 3 anos.

Na RMS, o número de anos de estudos entre brancos de 18 a 39 anos aumenta para 12 anos. Na capital, pessoas brancas entre 18 a 24 anos estudam mais ainda, cerca de 13 anos. Em toda a Bahia, pessoas de 25 anos ou mais estudam em média 7 anos, um ano a menos do que a média nacional. Já entre os homens baianos essa média cai para 6 anos.

A taxa de analfabetismo entre pessoas de 15 anos ou mais era de 13,0% em 2016, quase o dobro da média nacional (7,2%). Na RMS, esse percentual cai para 3,8% e, em Salvador, o percentual é ainda menor (2,5%).




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *