27 de maio de 2020
  • :
  • :

Prefeitura de Alagoinhas realiza eleição para diretores e vice-diretores das escolas municipais

Prefeitura de Alagoinhas realiza eleição para diretores e vice-diretores das escolas municipais

A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Educação (SEDUC) realiza, nos dias 24 e 25 de janeiro, o processo de eleição para diretores e vice-diretores das escolas municipais. Na manhã desta terça-feira (23), mesários, secretários e o presidente Jean Cleverson, Subsecretário de Educação, se reuniram para discutir questões referentes ao Decreto 4.739/2017, que regulamenta o processo eleitoral e as atribuições legais para a gestão escolar em Alagoinhas. Durante o período, os professores e coordenadores pedagógicos debateram orientações para os procedimentos na hora da votação.

De acordo com o Secretário de Educação, Fabrício Faro, o processo tem por base o fortalecimento da gestão escolar e o incentivo à participação da comunidade.

“A gente lê o decreto, mas você sabe como é; ler é uma questão de interpretação. Eu acho que a questão de estar tirando as dúvidas para amanhã e quita-feira, para o processo ocorrer de forma tranquila e clara, é muito importante”, pontuou Ana Maria da Silva, coordenadora pedagógica da Escola Professora Luzia Margarida Pinto.

Para Edinalva Alves do Nascimento, da Escola Gonçalo Muniz, candidata a vice-diretora na chapa com uma professora de outra unidade de ensino, as eleições são fundamentais. “É importante porque é um processo democrático que oportuniza todo mundo da unidade escolar – comunidade, pais, alunos, professores, funcionários – a participar, escolher efetivamente quem vai ser o próximo gestor, quem vai estar junto com a comunidade, gerindo mais 4 anos. É muito importante, é algo que as pessoas estão escolhendo”, afirmou.

A professora aproveitou a oportunidade para destacar o papel da SEDUC na regulamentação do processo. “Queria parabenizar a Comissão Eleitoral e a própria Secretaria de Educação, que está sempre nesse diálogo em rede com as unidades escolares, validando, fortalecendo a gestão democrática, que é muito importante”, enfatizou Edinalva Nascimento.

Segundo Mircelia Pimentel, candidata a vice-diretora da Escola Professor Álvaro Palmeira, esse “é o momento em que a gente dá liberdade à comunidade para reconhecer o direito de quem vai liderar no processo educacional”. A coordenadora pedagógica, que atua há 2 anos como diretora da Escola Miguel Fontes, acredita no processo eleitoral dentro das escolas como uma forma de exercício da cidadania. “Na verdade, quando a gente passa isso para a escola, a gente está diminuindo, como Paulo Freire já dizia, a distância entre a sua fala e o que você faz. E eu acredito que eleição seja isso. Então, a meu ver, é um momento único para a comunidade exercer a sua cidadania, colocando-a em prática e ensinando esses pequenos que eles são eleitores desde que nasceram, só que a gente não tinha trabalhado ainda isso tão firmemente como na eleição escolar”, declarou.

Saindo da unidade escolar em que atuou como diretora durante 2 anos, em 2018, Pimentel se lança a novos desafios, mas estende um desejo antigo a todas as unidades escolares do município. “Que, na verdade, a Educação em Alagoinhas possa priorizar não só a efetiva eleição de diretor como parte de uma educação democrática participativa, mas que a gente faça a vivência disso cotidianamente, porque você garantir a eleição de diretor não significa que a escola está tendo uma gestão democrática participativa. Então que a gente faça isso também no decorrer da nossa prática”, finalizou a coordenadora pedagógica.

A eleição das escolas de Boa União, Riacho e adjacentes será realizada amanhã, 24 de janeiro. Para as unidades da sede, a eleição será na quinta-feira (25). O resultado geral deve ser publicado no dia 26, com homologação final em 30 de janeiro. A posse dos novos diretores está marcada para 7 de fevereiro.

Foto: Divulgação/SECOM-PMA




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *