19 de outubro de 2020
  • :
  • :

Pescador e ambientalista Fernando Suber é homenageado pela Câmara de Salvador

Pescador e ambientalista Fernando Suber é homenageado pela Câmara de Salvador

O trabalho de preservação ambiental através da limpeza marítima credenciou o pescador submarino Fernando Suber, 41 anos, a receber da Câmara Municipal de Salvador a Medalha de Mérito Ambiental Mário Leal Ferreira, na noite desta quinta-feira (22). A homenagem prestada ao fundador do projeto Pesca Sub Lixo Zero, em sessão solene realizada no Plenário Cosme de Farias, foi idealizada pela vereadora Lorena Brandão (PSC).

Dirigindo o evento, a legisladora destacou a iniciativa de Fernando Suber à frente do projeto de preservação ambiental. “Se cada um de nós fizer isso, achar sua missão de vida e viver por ela, o nosso país, a nossa cidade – nossa linda Salvador, o Estado da Bahia, não serão mais os mesmos”, enfatizou Lorena.

A Medalha de Mérito Ambiental Mário Leal Ferreira foi entregue ao homenageado das mãos do pai, Manoel Apóstolo de Jesus, e da pastora Vânia Maria Batista Costa.

Ao discursar na tribuna, Fernando Suber dividiu a honraria com os colegas pescadores, que compareceram em bom número ao evento. “Vocês confiaram em Suber e hoje nós estamos aqui representados. Esta Medalha na verdade não é minha, é de vocês. Sem vocês eu não conseguiria retirar 22 toneladas do fundo do mar”, frisou, lembrando de quando iniciou o trabalho de limpeza na praia da Barra, com cinco apenas amigos.

Preservação – Criador e presidente da Associação Brasileira de Pesca Submarina, Preservação e Conservação Ambiental, Antônio Fernando Santana Silva, o Fernando Suber, iniciou o trabalho de preservação há três anos, por entender que precisava cuidar do mesmo mar que lhe garantia o sustento através da pesca. Desde então, a iniciativa ganhou destaque no Brasil e no mundo.

A ação mais recente ocorreu na praia do Porto da Barra, no domingo (18), quando cerca de 1,5 tonelada de entulho foi retirado do mar. Dentre os objetos recolhidos estavam pneus, latas de refrigerante e cerveja, garrafas pet e tubos de PVC. “Se 70% do oxigênio do planeta vem do mar, este ambiente então está com câncer e precisamos cuidar dele”, comparou Suber.

Além da Barra, o projeto Pesca Sub Lixo Zero já foi realizado nas praias de Cantagalo e Boa Viagem, na Cidade Baixa.

Participaram da composição da mesa solene o capitão de Fragata Alexsandro Teixeira; o secretário municipal de Trabalho, Esporte e Lazer, Geraldo Júnior; o vice-presidente da Associação de Pesca Submarina, Ronald da Silva Silveira; o contador e o colaborador da Associação, Alan Nunes do Espírito Santo e Marcus Oliveira Albuquerque, respectivamente; o representante do Rotary Club Salvador, Osvaldo Ribeiro; e o bispo Jeremias Batista.

Foto: Valdemiro Lopes/CMS




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *