30 de outubro de 2020
  • :
  • :

Procurador pede desclassificação e rebaixamento do Vitória no Baianão

Procurador pede desclassificação e rebaixamento do Vitória no Baianão

O procurador Herme Hilarião apresentou na tarde desta quinta-feira (22), a denúncia no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-BA) para solicitar o rebaixamento do Vitória no Baianão, após a confusão no clássico BA-VI do último domingo (18). A procuradoria também pediu a desclassificação do clube por interromper o jogo de forma proposital.

O procurador, que foi o sorteado para cuidar do caso, afirmou que 12 jogadores da dupla Ba-Vi foram denunciados por agressão ou conduta antidesportiva, além do técnico Vagner Mancini e o supervisor Mário Silva.

“Entendemos que foi solicitado o encerramento da partida pelo Esporte Clube Vitória, através de seus jogadores, comissão técnica e diretoria. A conduta, que prejudicou diretamente outras equipes como Fluminense de Feira e Jequié na tabela de classificação, é vista como antiética pelo código da FIFA”, disse Hilarião.

Pelo Vitória, foram denunciados os jogadores Kanu, Bruno Bispo, Denilson, Rhayner, Yago, Fernando Miguel, Ramon e André Lima. Pelo Bahia, estão os atletas Vinicuis, Edson, Rodrigo Becão e Lucas Fonseca.

Uillian Correia não foi denunciado, pois o procurador entendeu que o jogador foi expulso por circunstâncias do jogo. As condutas do técnico Mancini e do supervisor Mário Silva também serão avaliadas e julgadas.

O julgamento deverá ocorrer já na próxima semana, provavelmente na terça-feira. Com a denúncia encaminhada ao TJD-BA, serão escolhidos o relator e a comissão que avaliará a causa.

Penas – Quanto à briga que se originou após a comemoração de gol do meia tricolor Vinicius, o próprio foi denunciado por fazer gestos obscenos (pena prevista: dois a seis jogos). Por ato hostil foi enquadrado o goleiro Fernando Miguel, do Leão. (uma a três partidas).

O zagueiro Lucas Fonseca, do Bahia foi denunciado por empurrar com força excessiva no pescoço, qualificado por ato hostil e desleal (também de um a três jogos).

Já por agressão entraram os rubro-negros Yago, Denilson e Rhayner, além dos tricolores Edson e Rodrigo Becão (quatro a 12 jogos). O zagueiro Kanu, do Vitória, foi denunciado por agressão e ameaça (quatro a 12 jogos e multa de R$ 100 a R$ 100 mil).




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *