11 de agosto de 2020
  • :
  • :

Ediene Lousado é mantida no cargo de chefe do MP-BA

Ediene Lousado é mantida no cargo de chefe do MP-BA

A promotora de Justiça Ediene Santos Lousado foi escolhida, nesta terça-feira (6), pelo governador da Bahia, Rui Costa, para continuar como chefe do Ministério Público do Estado (MP-BA) por mais dois anos. A decisão será publicada no Diário Oficial de quarta-feira (7), segundo o governo.

Ediene agora permanece no posto até 2020. A promotora será reconduzida ao cargo na próxima quinta-feira (8).

Ediene concorreu com os também promotores de Justiça Pedro Maia e Alexandre Cruz. Os três formavam a lista tríplice definida pelos procuradores e promotores de Justiça do estado, em eleição realizada dia 19 de fevereiro, para que o governador pudesse escolher.

Na eleição dos procuradores e promotores, Ediene ficou em segundo lugar, com 266 votos. O primeiro lugar foi para Pedro Maia, que obteve 292 votos.

“Quando se tem boas opções para escolher, a escolha não é fácil, mas eu tomei a decisão pela manutenção da atual procuradora geral, Ediene Santos Lousado. O Ministério Público é uma instituição extremamente importante para a sociedade e o meu governo está sempre aberto ao diálogo, entendimento e parceria com essa instituição”, afirmou o governador, em nota enviada à imprensa após decisão.

Natural de Santa Terezinha, Ediene tem 50 anos e ingressou na instituição em 1993. Atuou nas Promotorias de Justiça de Bom Jesus da Lapa, Itiúba, Caravelas, Ilhéus e Barreiras.

Foi promovida para Salvador em 2009, onde atuou na Vara de Tóxicos. Coordenou a Promotoria de Justiça Regional de Barreiras, o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Crimonosas (Gaeco) e ocupou o cargo de secretária-geral do MP.

Foto: Divulgação/MP-BA




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *