6 de abril de 2020
  • :
  • :

Bahia anuncia novo gestor das categorias de base e retorno do Sub-23

Bahia anuncia novo gestor das categorias de base e retorno do Sub-23

O Bahia anunciou, na tarde desta quinta-feira (23), a contratação de um novo gestor para as categorias de base. Após a saída de Marcelo Lima, que foi para o Desportivo Brasil, o Tricolor agora conta com Marcelo Vilhena na coordenação das divisões de base.

Aos 42 anos, Vilhena estava no Atlético-MG. Ele foi gestor da base do Atlético-PR, equipe em que também treinou o sub-23, o sub-18, e foi auxiliar técnico fixo do profissional. Formado em Educação Física, Vilhena tem especialização em Treinamento Esportivo, mestrado com ênfase em Treinamento Esportivo e doutorado em Ciência do Esporte, além de ser instrutor do curso da CBF para licenças B e C e aluno para retirar a licença A de treinador profissional.

O Bahia iniciou, em fevereiro, uma reformulação das categorias de base, que envolveu a demissão de 11 funcionários. Apresentado em 26 de fevereiro, o novo projeto prevê a criação de centros de captação, retorno do sub-23 e avaliações semestrais dos atletas das categorias de iniciação.

Na ocasião, também foi apresentado o volante Flávio, que vestiu a camisa do Vitória até dezembro do ano passado. A iniciativa faz parte do projeto de investimento em atletas de 18 a 23 anos, já de olho em competições como o Brasileiro de Aspirantes (sub-23).

“Esse é um programa que vai fortalecer a transição de jovens jogadores com potencial para render em alto nível, mas que muitas vezes são perdidos por não haver projetos específicos para eles. No Bahia, a gente separou uma parte do orçamento com esse objetivo”, explicou o presidente do Tricolor, Guilherme Bellintani ao site oficial do clube.

No fim da tarde desta quinta, em entrevista ao programa de rádio oficial do clube, o presidente tricolor Guilherme Bellintani explicou a importância da captação de jogadores. O cartola afirmou ainda que as contratações servem não só para o Campeonato de Aspirantes, mas também para o amadurecimento e utilização gradativa ao elenco principal.

“Esses atletas que vão ser investidos nos próximos meses, são cerca de 10 a 11 jogadores… Não são naturalmente atletas que são reforços imediatos para a Série A. Independente da chegada dele [Flávio], que atua como volante, o que a agente tem é a implementação de um projeto. Valorização da contratação de jovens atletas que já passaram pelo processo de formação de base, mas por questão de adaptação não se firmaram. Atletas entre 18, 20 e 23 anos. O Bahia vai investir nesses talentos, saber identificar talentos de outros clubes que ainda não estouraram”, afirmou.

Bellintani utilizou como exemplo o volante Gregore, que disputou o Brasileiro de Aspirantes na temporada passada, foi contratado no iníico do ano como uma aposta e atualmente é titular absoluto e um dos principais destaques da equipe comandada por Guto Ferreira. “Gregore trouxemos do sub-23 do Santos e é um dos nossos principais jogadores no profissional”, disse o dirigente.

Flávio iniciou a carreira nas categorias de base do Santos e ganhou destaque com a camisa do Vitória, na Copa do Brasil Sub-20 de 2014. No ano seguinte, o jogador ganhou espaço na equipe rubro-negra e jogou em 33 das 38 partidas da Série B. O volante deixou a Toca do Leão no fim do ano passado e assinou contrato com o Bahia até o fim desta temporada. Neste ano, ele jogou 11 partidas pelo Santo André.

Foto: Divulgação/E.C.Bahia




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *