18 de agosto de 2019
  • :
  • :

VLT e nova Estrada do Feijão atraem interesse de investidores britânicos

VLT e nova Estrada do Feijão atraem interesse de investidores britânicos

A expertise da Bahia em parcerias público-privadas (PPPs) e as oportunidades de investimentos existentes no estado atraíram o interesse do governo inglês. O gerente de Novos Negócios de Infraestrutura do Consulado-Geral Britânico no Brasil, Luiz Fernando Nanô, esteve reunido com representantes das secretarias de Desenvolvimento Econômico (SDE), Fazenda (Sefaz), Casa Civil e Bahiainveste para conhecer os negócios baianos. Um dos focos é o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) do Subúrbio Ferroviário de Salvador.

O superintendente da SDE, Paulo Guimarães, que esteve na capital britânica para apresentar projetos de infraestrutura, explica que “na época, apresentei portfólios de projetos baianos com destaque para nossa expertise em PPPs e agora já estamos colhendo os bons frutos com a vinda de um representante do consulado até a SDE. Apresentamos os projetos do VLT e da BA-052 e terminamos a reunião com a promessa de um próximo encontro no consulado britânico em São Paulo, onde vamos detalhar nossa carteira de projetos para investidores do país”.

Guimarães adiantou que a perspectiva de uma parceria entre britânicos e o grupo chinês vencedor da licitação do VLT é real, já que os grupos estão dialogando na perspectiva de oferecer uma linha de crédito específica com juros subsidiados para financiar o projeto de infraestrutura do parceiro privado. Para que o financiamento aconteça, o grupo chinês precisa inserir no projeto conteúdo britânico para que assim possam conseguir investimento com um custo mais baixo e isso refletirá obviamente no valor do projeto para o governo baiano.

O segundo assunto abordado foi o projeto de requalificação da BA-052, outra PPP que está em licitação e terá a abertura dos envelopes na segunda quinzena de julho na Bovespa. São 600 quilômetros de rodovia, conhecida como Estrada do Feijão, além de uma ponte sobre o rio São Francisco, que vai ligar Xique Xique a Barra e beneficiar o escoamento de grãos na região oeste da Bahia. A ideia é que o futuro vencedor da licitação articule um financiamento também com um parceiro britânico.

Bahiainveste – O terceiro assunto em pauta na reunião foi a celebração de um memorando de entendimento entre o Estado da Bahia e o Governo Britânico visando à transferência de conhecimento entre as estruturas de PPPs dos referidos entes, contando ainda com a participação da Bahiainveste, que é uma empresa indutora da atração de investimentos em infraestrutura do Estado da Bahia. A estatal vem dialogando com representantes do Governo Britânico com o intuito de tornar os projetos estruturantes do Estado mais atrativos para os investidores britânicos.

“A UK Export Finance é um fundo de fomento à exportação com mais de 2 bilhões de libras disponíveis para ser aplicado somente no Brasil, com o qual estamos conversando na perspectiva de estruturar financiamentos para os nossos projetos”, afirma a diretora de operações da Bahiainveste, Camila Aguiar. A reunião foi um desdobramento da 1ª missão da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (ABDIB-LSE) que ocorreu no mês de maio, em Londres.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *