4 de abril de 2020
  • :
  • :

Dirigentes embolsaram R$ 5,1 milhões do fundo partidário em 2017

Dirigentes embolsaram R$ 5,1 milhões do fundo partidário em 2017

A Folha de São Paulo fez um levantamento da bolada que os dirigentes políticos receberam, por meio do fundo partidário, para prestar serviços genéricos.

“A obscura rubrica ‘serviços técnico-profissionais’, pouco fiscalizável até este ano, quando o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) divulgou pela primeira vez a prestação de contas dos partidos em dados abertos, revela uma série de pagamentos a dirigentes nacionais de 13 siglas, num total de R$ 5,1 milhões”.

O PT foi o partido que mais pagou a sua cúpula pela rubrica obscura ‘serviços técnico-profissionais’: R$ 2,8 milhões em 2017.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *