21 de março de 2019
  • :
  • :

Médico do Bahia entrega mais três contratações além de Rogério, Iago e Matheus Silva

Médico do Bahia entrega mais três contratações além de Rogério, Iago e Matheus Silva

Nesta quinta-feira (03), os atletas tricolores se reapresentaram e iniciaram os trabalhos no Fazendão. Em primeiro momento, o grupo realiza exames médicos e avaliações, que vão acontecer até a próxima sexta.

Em 2019, os jogadores vão ter pela frente cinco competições: Campeonato Baiano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil, Copa Sul-Americana e Campeonato Brasileiro. Escolhido para conceder entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira, o médico do Bahia, Luiz Sapucaia, avaliou a preparação, mas também acabou revelando um pouco mais.

Ao ser questionado se algum jogador precisa de um cuidado especial, Sapucaia afirmou que recebeu seis atletas novos para avaliação médica. Até o momento, o Tricolor anunciou apenas as contratações de Rogério (ex-Sport), Matheus Silva (ex-Paysandu) e Iago (ex-CRB).

“Estou recebendo seis atletas novos. A maioria dos que ficaram estão em condições de jogo. Marco Antônio era nossa maior preocupação, mas já se recuperou, terminou a última temporada apto, intensificamos o físico dele nesse período para que tivesse condições de voltar com o grupo. Não tem nenhum problema, nenhuma coisa que requeira maior atenção. Dessa vez teremos um time mais isométrico, mais redondo, poderemos trabalhar todos por igual”, afirmou o médico.

Ao avaliar a situação física de Marco Antônio e Nilton, Sapucaia também deu a entender que o volante vai renovar o contrato com o Bahia. As duas partes estão perto de um acordo.

Pré-temporada – “A pré-temporada é extremamente importante para que a gente tenha cuidado. Porque se a gente não trabalha muito, é prejudicado. Se trabalha muito, também é prejudicado. É preciso achar um ponto de equilíbrio, usar bem o plantel. Temos um plantel largo esse ano, graças a Deus. Para que a gente possa trabalhar com esses atletas. Alguns, evidentemente, não estarão em condições até o dia 15. Se formos avaliar, teremos dez ou no máximo doze dias de pré-temporada. Não podemos apertar o pé antes desse primeiro jogo, teremos um dia ou dois sem apertar as atividades. Vamos equacionar isso juto com a preparação física e técnica para aproveitar aqueles que tiverem mais condição cardiorrespiratória no primeiro momento. Vamos fazer uma pré-temporada que vai se alongar acima desses 13, dez dias que teremos até o primeiro jogo. Vamos trabalhar com esses atletas o máximo possível para ter atletas preparados para começar a temporada sem sacrificar a ponto de ter um comprometimento mais tarde”, afirmou o médico.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *