20 de março de 2019
  • :
  • :

Ternos de Reis abrem ciclo de festas populares em Camaçari

Ternos de Reis abrem ciclo de festas populares em Camaçari

O ciclo de festejos populares do Verão 2019 em Camaçari começou oficialmente neste domingo (06), dia da Festa de Reis, tradicional celebração que todos os anos enche as ruas das comunidades de Barra de Pojuca e Cajazeiras de Abrantes com a alegria característica das históricas manifestações populares que enriquecem a cultura local.

Comemorar a ilustre visita e a entrega dos presentes pelos Três Reis Magos ao Menino Jesus é a essência primordial da festa, que em Camaçari convoca a população para prestigiar a remontagem desse momento, em um evento onde o samba de roda predomina e o clima de animação e exaltação da cultura popular contagia a todos.

Em Barra de Pojuca, a Folia dos Reis, como também é chamado o evento, começou ainda pela tarde, quando a Companhia de Apoio Social e Cultural Espermacete, grupo que desde 1991 mantém o costume de celebrar a data com uma animada e participativa mostra de samba de roda, transformou a fachada da paróquia local, que é ao mesmo tempo Paróquia dedicada a Nossa Senhora de Fátima e a São Francisco de Assis, no cenário de um espetáculo de música e dança embaladas pelo samba de raiz.

Dona Nildes Bomfim, Mestra da Cia Espermacete, agradeceu à Prefeitura de Camaçari por apoiar as manifestações populares. “A participação e o incentivo do poder público é muito importante. Hoje nós comemoramos, também, o fato da Companhia Espermacete ter uma interação ainda mais expressiva com a comunidade, envolvendo crianças, jovens e adultos”, observou, acrescentando que sente orgulho de fazer parte dessa tradição. “É uma data muito importante, por isso nós passamos por aqui carregando a estrela que representa a luz que guiou os Reis Magos”, concluiu.

As presenças dos jovens soteropolitanos Patrick Guia, 18 anos, e Samantha Almeida, 16, testificam a pluralidade do público que o evento é capaz de atrair. “Esse movimento mostra a sobrevivência das raízes antigas e eu, pessoalmente, considero isso muito interessante”, declarou Patrick. A garota concordou: “É a nossa conexão com o passado”, descreveu. O grupo seguiu até a praça local, transportando consigo toda uma atmosfera de fé e alegria. Lá, outros grupos culturais abrilhantaram ainda mais a celebração, a exemplo do Eremirim de Parafuso, Boi Bonito de Abrantes, Trady Samba e A Esperança Nasceu Aqui. A secretária de Cultura, Macia Tude, se fez presente na celebração.

Em Cajazeiras de Abrantes, à noite, o encontro de grupos culturais para celebrar o Terno de Reis aconteceu na praça local. A animação ficou por conta do Samba Chula Raiz do Passado e do Samba de Roda das Cajás, entre outras participações artísticas. O vice-prefeito José Tude, que também responde pela Prefeitura Avançada da Orla, prestigiou o evento e ressaltou a importância das manifestações culturais. “É gratificante ver o povo feliz. Nós apoiamos essa manifestação porque consideramos importante que essa tradição tenha sequência”, declarou Tude.

Foto: Victor Matos/Ascom-PMC




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *