5 de dezembro de 2019
  • :
  • :

Bolsonaro defende sistema multilateral de comércio em reunião dos Brics; assista

Bolsonaro defende sistema multilateral de comércio em reunião dos Brics; assista

O presidente Jair Bolsonaro presidiu nesta sexta-feira (28) uma reunião informal dos líderes dos Brics — China, Índia, Rússia e África do Sul —, à margem da cúpula do G-20 , encontro dos 20 países mais ricos que vai até o sábado em Osaka, no Japão. Bolsonaro conclamou os outros países do grupo a demonstrarem a capacidade de enfrentar “momentos difíceis e desafiadores” como o atual. O presidente criticou práticas econômicas protecionistas:

“A persistência de correntes protecionistas e de práticas econômicas desleais é fonte de tensões comerciais e põe em risco a estabilidade das regras internacionais de comércio”, afirmou Bolsonaro.

O presidente da China Xi Jinping, o presidente da Rússia Vladimir Putin, o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, e o presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, participaram do encontro informal.

Bolsonaro reafirmou o apoio do Brasil ao sistema multilateral de comércio “por ter certeza de que o dinamismo da economia mundial depende dele”.

Ele apontou a redução de “medidas distorcivas do comércio agrícola” como prioridade e disse que o Brasil está comprometido em superar o impasse que afeta o órgão de apelação e o sistema de solução de controvérsias do comércio global.

Para Bolsonaro, isso garante segurança e previsibilidade do comércio internacional. Mas observou que os desafios são muitos.

O presidente afirmou aos outros líderes que seu governo está abrindo o mercado de gás natural, que disse ser insumo indispensável para o ingresso numa economia com menor impacto ambiental.

O objetivo, acrescentou, é promover a concorrência e aumentar a oferta de energia barata para as famílias e para as indústrias. O governante brasileiro mencionou também a modernização das leis trabalhistas.

A postura do mandatário brasileiro foi elogiada por todos os chefes de Estado que integram o grupo.

Cyril Ramaphosa, presidente da África do Sul, desejou “parabéns ao presidente Jair Bolsonaro por sua recente eleição e como mandatário desta reunião”.

Vladimir Putin, presidente da Rússia, agradeceu a Bolsonaro por “ter criado essa oportunidade de encontro”.

Narendra Modi, primeiro-ministro da Índia, disse estar grato ao presidente brasileiro pela “iniciativa de ter feito essa reunião”.

Já Xi Jinping, presidente da China, também agradeceu pela organização do evento.

Bolsonaro destacou que a economia mundial passa por transformações que mudarão sua estrutura nos próximos anos e considerou que a cooperação no Brics ajudará seus membros nessa caminhada.

Foto: Alan Santos/PR




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *