15 de dezembro de 2019
  • :
  • :

Mesmo após eliminação, Messi defende permanência de Scaloni na Argentina

Mesmo após eliminação, Messi defende permanência de Scaloni na Argentina

Com o trabalho questionado pela imprensa e também por dirigentes, o técnico Lionel Scaloni ganhou um defensor de peso em sua luta para permanecer no comando da seleção argentina: o craque da equipe disse que o trabalho do treinador está no rumo certo e que, se tiver continuidade, vai render frutos.

“Estamos com ele até a morte. Os jogadores estão todos remando para o mesmo lado”, disse Messi, após a derrota para o Brasil, na noite de terça-feira, no Mineirão, que frustrou mais uma vez o sonho argentino de conquistar um título. “Digam o que quiserem, mas o fato é que a Argentina há muito tempo não jogava da maneira ofensiva que está mostrando agora.”

Messi reconheceu que há muita coisa a fazer para melhorar o rendimento da Argentina e tornar a equipe realmente competitiva. Mas vê na disposição de seus companheiros um ótimo caminho para o objetivo. “Quando se tem um grupo assim, fica muito mais fácil.”

O jogador do Barcelona deu como exemplo o bom número de chances que a Argentina criou contra o Brasil, uma seleção, na sua análise, muito bem estruturada taticamente, entrosada e com grandes jogadores. “E não vi o Brasil superior a nós em nenhum momento”, afirmou Messi, que reclamou bastante da arbitragem em todas as suas entrevistas.

As Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar, que começam em março do próximo ano, serão o próximo desafio oficial da Argentina. Messi crê que até lá, se tiver tranquilidade e liberdade para fazer seu trabalho de renovação e implantar sua filosofia, Scaloni formará uma equipe competitiva.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *