16 de dezembro de 2019
  • :
  • :

Amanda Nunes nocauteia Holly Holm e mantém cinturão no UFC

Amanda Nunes nocauteia Holly Holm e mantém cinturão no UFC

A baiana Amanda Nunes entrou para a história do MMA neste sábado (6), após nocautear a ex-campeã peso-galo (61 kg) Holly Holm com um chutaço no rosto, durante o co-main event do UFC 239.

Com apenas 4 minutos 10 segundos, a ‘Leoa’ natural de Pojuca, na Região Metropolitana de Salvador, conseguiu mais uma vez defender seu título e, de quebra, se tornou a primeira lutadora a nocautear a americana.

Holm era a única ex-campeã da categoria que faltava no currículo de Amanda — algoz de Miesha Tate e da superstar Ronda Rousey, também superada pela baiana. Também dona do título dos penas, ela “limpou” a divisão de cima por ter no cartel triunfos contra Cris Cyborg e Germaine de Randamie.

E como desbancou, basicamente, todas as melhores do mundo, incluindo a atual campeã dos moscas, Valentina Shevchenko, à época na categoria de cima, é justo apontar que seja a maior lutadora de MMA da história.

A pojucana é a primeira atleta a se manter com o posto de ‘champ champ’, nome que se dá à campeã em duas categorias, e defender o status – falta defender o titulo dos penas (66 kg) – com permissão do UFC, sem risco de ser obrigada a escolher uma das categorias.

“Eu disse para os meus treinadores que eu a nocautearia assim, com chute alto, do jeito que eu gosto de nocautear as pessoas. Meu próximo passo é defender meu cinturão dos penas”, declarou ainda no octógono.

Foto: Reprodução do Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *