9 de dezembro de 2019
  • :
  • :

Hotéis de Salvador têm 6,4% de aumento na taxa de ocupação em junho

Hotéis de Salvador têm 6,4% de aumento na taxa de ocupação em junho

O setor hoteleiro de Salvador apresentou no mês de junho uma taxa de ocupação de 53,23% o que representa um aumento de 6,43% em relação ao mesmo período do ano anterior (46,80%), estimulado sobretudo pelos jogos da Copa América na capital baiana. A Diária Média também revelou um incremento de 52% passando de R$ 203,36 em 2018 para R$ 308,87 em 2019. Deste modo o Revpar (indicador ponderado de taxa de ocupação e diária média) de junho foi de R$ 164,41, situando-se acima do de igual período de 2018 (R$ 95,17). Os dados foram apurados pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, seção Bahia (ABIH-BA).

Comparando-se o primeiro semestre de 2019 com igual período do ano anterior, verifica-se que a taxa de ocupação média de 2019 (61,34%) manteve-se praticamente estável em relação a 2018 (61,55%), enquanto a diária apresentou crescimento de 24% (passando de R$ 235,74 em 2018 para R$ 292,32 em 2019), em decorrência dos trabalhos de divulgação do destino e da entrada de novos hotéis de luxo na cidade. Como resultado, o Revpar do primeiro semestre de 2019 teve um incremento de 24,44, passando de R$ 144,59 em 2018 para R$ 179,92 em 2019.

De acordo com o presidente da ABIH-BA, Glicério Lemos, os dados obtidos no mês de junho foram reflexo dos jogos da Copa América realizados na cidade. “Os eventos são fundamentais para o incremento na taxa de ocupação, sobretudo quando são realizados em baixa temporada. A Copa América foi muito importante para termos a melhor taxa de ocupação dos últimos cinco anos no mês de junho, tradicionalmente o pior do ano”, afirma.

Segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o movimento de passageiros no aeroporto de Salvador apresentou uma queda de 6,7% no número de passageiros de janeiro a maio de 2019, se comparado a igual período do ano anterior. No mesmo período o aeroporto de Recife aumentou em 7% o número de passageiros.Entre 2015 e 2019 o número de passageiros no aeroporto de Salvador caiu 30%. Demonstrando assim a necessidade de ações públicas visando atrair novos voos para cidade. “Medidas recentes anunciadas pela Prefeitura de Salvador (voo da Sky Airline conectando Salvador a Santiago do Chile) e Governo do Estado (redução de ICMS para companhias aéreas) são fundamentais para retomada do números de voos para capital baiana”, enfatiza Lemos.

“Firmamos recentemente um acordo de parceria com a Associação Brasileira de Operadores de Turismo (Braztoa) para realização do Experiência Braztoa Nordeste 2019, no Hospitality Experience, no dia 7 de agosto. E também para a participação dos associados da Braztoa na Rodada de Negócios, no dia 8 de agosto, no Porto Eventos Salvador. Estes eventos reunirão na capital baiana aproximadamente 1000 profissionais do turismo entre operadores, agentes de viagem e hoteleiros, proporcionando para o trade turístico capacitação, network, palestras com temas relevantes para o setor, oportunidades de vendas diretas e novos negócios, fomentando a economia local”, complementa Lemos.

Os números são fruto da Pesquisa Conjuntural de desempenho (Taxinfo), realizada em parceria entre a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – seções Bahia e Brasil. Os dados são fornecidos diariamente pelos próprios hotéis ao Portal Cesta Competitiva e a média resultante constitui indicador para avaliar a evolução da atividade de hospedagem em nossa capital.

Foto: Divulgação




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *