6 de dezembro de 2019
  • :
  • :

PDT e PSB terão DR com “traidores” na votação da Previdência

PDT e PSB terão DR com “traidores” na votação da Previdência

Nada menos que oito deputados do PDT, que havia fechado questão contra a reforma da Previdência, votaram a favor do projeto do governo de Jair Bolsonaro. O PDT tem 27 deputados. Resta saber se Carlos Lupi e Ciro Gomes expulsarão quase um terço de sua bancada na Câmara.

Além da paulista Tabata Amaral, Alex Santana (BA), Flávio Nogueira (PI), Gil Cutrim (MA), Jesus Sérgio (AC), Marlon Santos (RS), Silvia Cristina (RO) e Subtenente Gonzaga (MG) votaram pelo “sim” à reforma.

Em outro partido que fechou questão contra a reforma da Previdência, o PSB, 11 dos 32 deputados votaram a favor do projeto.

Os “traidores” foram Átila Lira (PI), Emidinho Madeira (MG), Felipe Carreras (PE), Felipe Rigoni (ES), Jefferson Campos (SP), Liziane Bayer (RS), Luiz Flávio Gomes (SP), Rodrigo Agostinho (SP), Rodrigo Coelho (SC), Rosana Valle (SP) e Ted Conti (ES).

Se mantiver a ameaça de expulsão, a cúpula pessebista terá de mandar embora 34% da sua bancada federal.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *