23 de setembro de 2019
  • :
  • :

Nelson Leal visita Santa Maria da Vitória, Canápolis, Coribe e Cocos

Nelson Leal visita Santa Maria da Vitória, Canápolis, Coribe e Cocos

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, deputado Nelson Leal, visitou nesta quinta-feira (18) os municípios de Santa Maria da Vitória, Canápolis, Coribe e Cocos. Em Santa Maria, Leal foi recebido pelo prefeito Renato Rodrigues Leite Junior, o Renatinho. “Viemos ouvir as reivindicações da população da região, principalmente garantindo o nosso empenho junto ao governador Rui Costa, ao vice-Governador João Leão e ao secretário de Saúde, Fábio Vilas-Boas, para que o Hospital Regional do Território do Rio Corrente seja mesmo implantado em Samavi. É uma reivindicação histórica da população da região que está muito próxima de ser atendida”, confirmou o chefe do Legislativo municipal.

Em Canápolis, Nelson Leal foi recebido pela prefeita Myriam Oliveira, pelo vice-prefeito, Dodó, e pelo ex-prefeito Hélio Oliveira, além de vereadores. “A grande preocupação do município é com o aumento da nossa cota no Fundo de Participação dos Municípios. Canápolis tem uma população de 10 mil habitantes, mas recebe o mesmo que um município que possui apenas 3 mil habitantes. É muito desigual e injusto. A questão hídrica também nos preocupa: é do Cerrado que vêm 94% das águas que abastecem o São Francisco, mas 21 de 24 nascentes correm perigo”, adverte a prefeita Myriam, elogiando também a iniciativa de Nelson Leal em ver de perto os problemas da região.

Também em Coribe, a questão da segurança hídrica é uma das mais urgentes para os moradores do município. “Por exemplo, em povoados como Figueira e Pouso Alto, onde vivem cerca de 85 famílias, é preciso que sejam abertos poços artesianos para minorar os efeitos da falta d’água em uma região que temos grandes rios e um dos maiores lençóis freáticos do país”, diz a líder comunitária Dida Pereira Arruda.

Em Cocos, a principal reivindicação da comunidade é a questão da ligação rodoviária para escoar a produção do agronegócio e facilitar a comunicação com o resto do Estado e do país. “Precisamos que a BR-030, que liga a Feira da Mata-Cocos-Mambaí, em Goiás, seja pavimentada. A BR-135, cuja obra está parada, e que liga Cocos a Montalvânia, e em apenas um trecho de 20km, também precisa ser concluída”, diz o empresário Junior da Sercom.

Foto: Divulgação/ALBA




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *