24 de agosto de 2019
  • :
  • :

Com 54 ouros (até agora), Brasil faz sua melhor campanha na história do Pan

Com 54 ouros (até agora), Brasil faz sua melhor campanha na história do Pan

Os atletas do Brasil até sábado (10) conquistaram 164 medalhas nos Jogos Pan Americanos de Lima (Peru). O volume de medalhas coloca o país em 2º lugar no quadro geral de classificação, com 54 medalhas de ouro, 42 de prata e 68 de bronze. Esta é a melhor campanha do País na competição.

Dos 34 nadadores da delegação brasileira, 31 voltarão para casa com ao menos uma medalha. Mas, em meio à festa pela melhor campanha do esporte em Jogos Pan-Americanos, os próprios envolvidos pedem calma. O desempenho da delegação é celebrado como um passo e tanto. Ainda assim, pouca coisa mudou nas previsões para a Olimpíada do ano que vem.

Em uma campanha bem sucedida, há alguns pontos de atenção. Primeiro, os rivais. EUA e Canadá não vieram com seus melhores nomes para a piscina de Lima. Até mesmo Nathan Adrian, maior astro dos Jogos Pan-Americanos, ainda busca sua melhor forma. O Brasil, que veio com seu time praticamente completo, ganhou espaço. O cansaço após o Mundial, porém, também impediu desempenhos melhores em termos de marca. Os tempos, de uma forma geral, foram altos em Lima, com apenas cinco recordes de competição batidos na capital peruana. Em Toronto, por exemplo, foram 24.

No atletismo, Altobeli da Silva Santos foi campeão neste sábado na prova dos 3 mil metros com obstáculos. Ele já havia conseguido a medalha de prata nos 5 mil metros. O Brasil também conseguiu o ouro no pan-americano da vela na classe 49erFX com Martine Grael e Kahena Kunze. As duas haviam conseguido a terceira colocação da regata da prova (Medal Race) e precisavam apenas terminar essa etapa para conseguir o ouro.

A seleção brasileira feminina de polo aquático também saiu com medalhas hoje. O Brasil venceu a decisão pelo terceiro lugar contra Cuba por 8 a 7. As 20h (de Brasília), a seleção masculina enfrenta a Argentina e também pode sair com bronze na competição.

No judô, Aléxia Castilhos conquistou medalha de bronze na categoria de 63 kg, após vencer a equatoriana Estefania Garcia. Aléxia na semifinal perdeu por Ippon da venezuelana Anriquelis Barrios. Eduardo Yudy venceu o americano Jack Hatton e foi para a final. A disputa também ocorre na noite de sábado.

Tênis de mesa – A equipe composta por Bruna Takahashi, Caroline Kumahara e Jéssica Yamada venceu os Estados unidos na semifinal (3 a 2) e vai à final contra Porto Rico ainda na noite de sábado.

Atletismo – Augusto Dutra ficou com medalha de prata no salto com vara após atingir 5 metros e 71 centímetros de altura. Ele ficou a 5cm de diferença do medalhista de ouro norte-americano Nielsen Christopher.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *