24 de agosto de 2019
  • :
  • :

Banco do Nordeste disponibiliza R$ 5 milhões para projetos inovadores

Banco do Nordeste disponibiliza R$ 5 milhões para projetos inovadores

As agritechs, empresas especializadas em criar soluções inovadoras relacionadas à agricultura, pecuária de precisão, rastreabilidade e automação de processo, têm uma nova oportunidade para obter recursos de apoio financeiro para seus novos projetos.

O Banco do Nordeste do Brasil (BNB) lançou o edital 2019 do Fundeci, o programa de subvenção econômica para inovação em empresas da região Nordeste, norte de Minas Gerais e Espírito Santo. O programa incentiva a competitividade das micro e pequenas empresas através da liberação de recursos não reembolsáveis.

O fomento pode beneficiar ainda outras empresas ligadas ao setor agropecuário, como as empresas de biotecnologia, que desenvolvem insumos naturais, sintéticos ou biológicos nas áreas de saúde animal.

As empresas que possuem projetos voltados para cidades inteligentes, energias renováveis, micro finanças, negócios de impacto social, gestão e saúde inteligente também podem participar. Os recursos podem ser aplicados em ações relacionadas ao consumo sustentável, saneamento ambiental, meio-ambiente, qualidade de vida das pessoas e uso eficiente dos recursos naturais, como alimentos e água.

A subvenção pode ser usada ainda por empresas ligadas às chamadas economias circular e criativa, entre elas estão as que desenvolvem jogos eletrônicos e soluções que eliminem a poluição e o desperdício.

“Mantemos vários projetos com empresas de economia tradicional, mas neste edital estamos focados na questão da inovação, dado a relevância deste tema para o desenvolvimento regional. Acreditamos que a nossa missão passa pelo processo de incentivo às pequenas e micro-empresas que desenvolvam projetos deste tipo”, afirma José Rubens Dutra Mota, gerente do Ambiente de programas Especiais do BNB.

Esta é a terceira edição do Fundeci. Na edição do ano passado, 40 projetos foram beneficiados, entre eles três da Bahia. Um deles envolvia um sistema para rastrear alimentos.

Regras – Para participar da seleção a empresa precisa ter sido formalizada até o dia 19 de janeiro de 2019. Podem concorrer as pequenas e micro-empresas que possuem receita operacional ou renda agropecuária bruta de até R$ 360 mil, ou as empresas de pequeno porte com receita de até R$ 4,8 milhões por ano.

O edital admite a inscrição de projetos com valores entre R$ 60 mil e R$ 300 mil. Depois da assinatura do contrato, a empresa beneficiada terá no mínimo 6 meses, e no máximo 24 meses, para executar o projeto.

O Fundeci é um dos programas regionais mais importantes do Nordeste. Desde que foi criado em 1971, serviu de apoio para vários projetos. Os recursos foram usados, por exemplo, para financiar pesquisas em instituições públicas, difundir a ciência em institutos regionais, e apoiar o desenvolvimento de novas variedades de alimentos, como soja, algodão e caju. As inscrições estão abertas até dia 02 de setembro.

“Este ano estão sendo disponibilizados 5 milhões de reais para estes novos projetos. Tentamos escolher pelo menos um de cada estado, dento da área da Sudene. Este é um compromisso que o BNB renova com a ciência e a tecnologia”, completa José Rubens.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *