19 de setembro de 2019
  • :
  • :

Sorocaba vence o Boca e conquista tricampeonato mundial de Futsal

Sorocaba vence o Boca e conquista tricampeonato mundial de Futsal

O Sorocaba (SP) aumentou a sua galeria de troféus. Neste domingo, depois de empatar por 2 a 2 no tempo normal e por 0 a 0 na prorrogação, o time brasileiro derrotou o Boca Juniors nos pênaltis por 3 a 1 e sagrou-se tricampeão mundial de futsal, igualando o feito do Carlos Barbosa (RS).

O Sorocaba terminou em primeiro lugar no Grupo C do torneio na primeira fase e garantiu vaga na grande decisão depois de despachar o Corinthians nas semifinais também nos pênaltis, após empate por 1 a 1 com a bola rolando. O Boca Juniors também avançou às semifinais como líder sua chave, o Grupo A. No mata-mata, após empate sem gols no tempo normal, despachou o Barcelona na prorrogação por 3 a 1.

Além de Carlos Barbosa e Sorocaba, Internacional, Atlético-MG, Canoas e Atlântico também já venceram a Copa Intercontinental de Futsal, o Mundial da modalidade. O Inter Movistar, da Espanha, tem cinco conquistas e é o maior vencedor do torneio.

O duelo foi extremamente equilibrado e opôs duas equipes técnicas. O time brasileiro teve de se superar, já que ficou atrás no placar duas vezes. No primeiro tempo, o Boca Juniors, muito bem postado, abriu o placar com Rejala, aproveitando sobra depois de contra-ataque rápido.

Depois de pressionar o rival, o Sorocaba conseguiu o empate com Marinho, que foi acionado na segunda trave e, livre de marcação, mandou para as redes. Muito forte nos contra-golpes, a equipe argentina voltou a ficar em vantagem em mais uma jogada de velocidade e a partir de uma infelicidade do Sorocaba. Após chute cruzado, Kevin tentou fazer o corte e acabou mandando de carrinho contra o próprio gol.

Na segunda etapa, a estratégia de marcar forte e sair rápido nos contra-ataques do Boca Juniors deu certo apenas até o momento em que o Sorocaba, com técnica, qualidade no passe e, sobretudo, paciência, conseguiu furar o bloqueio defensivo do rival. O empate veio no final, depois que o goleiro-linha foi colocado em quadra, e saiu dos pés de Leozinho, que se posicionou em um dos raros buracos da marcação do adversário e acertou uma pancada.

Como ninguém se arriscou no tempo extra, o duelo teve de ser decidido nas penalidades e, mais uma vez, o Sorocaba mostrou que estava com a pontaria afiada. A equipe do interior paulista acertou todas as suas cobranças com Rodrigo, Danilo Baron e Eder Lima e contou com a estrela do goleiro Lucas Oliveira, que defendeu a batida de Lucas Maina, garantindo o título.

Terceiro – Derrotado pelo Sorocaba nas semifinais, o Corinthians também entrou em quadra neste domingo. O time paulista derrotou o Barcelona de virada por 4 a 2 e garantiu o terceiro lugar do Mundial.

Mesmo desfalcado de jogadores importantes, como o goleiro Tiago, machucado, o Corinthians teve um bom desempenho e foi letal nos contra-ataques. Os gols que garantiram o triunfo de virada na Tailândia foram marcados por Batalha, André, Murilo e Schutt.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *