16 de setembro de 2019
  • :
  • :

Bolsonaro retira sonda e volta a se alimentar com dieta líquida

Bolsonaro retira sonda e volta a se alimentar com dieta líquida

O presidente Jair Bolsonaro (PSL), que se recupera de uma cirurgia realizada em São Paulo, teve retirada a sonda nasográstica e voltou a receber dieta líquida, segundo boletim médico divulgado nesta sexta-feira (13) pelo Hospital Vila Nova Star. Ele vinha se alimentando por dieta endovenosa.

“O Hospital Vila Nova Star informa que o Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, apresenta boa evolução clínica. Permanece sem dor, afebril e com melhora acentuada dos movimentos intestinais. Foi retirada a sonda nasogástrica e reintroduzida a dieta líquida. Está mantida a alimentação parenteral (endovenosa). Continua com fisioterapia respiratória e motora, deambulando pelo corredor. As visitas seguem restritas”, diz o boletim.

A retirada da sonda estava prevista para noite desta quinta-feira ou manhã desta sexta-feira. Segundo o cirurgião Antônio Macedo, durante a noite a sonda ainda estava aspirando ar, então decidiu fazer a retirada pela manhã.

“Nós pudemos retirar a sonda gástrica porque a drenagem foi bem reduzida de ontem pra hoje. E ele começou a ter função intestinal”, disse Macedo.

“Tiramos a sonda, demos um pouquinho de líquido, em geral 50 ml de hora em hora. Daí a necessidade de manter a dieta intravenosa. Quando puder aumentar o volume da dieta líquida sem que ele se sinta mal ou tenha uma distenção, eu começo a diminuir a parenteral e paralelamente aumentar a dieta oral. Por enquanto fica perigoso aumentar rapidamente a dieta líquida”.

O presidente tem caminhado no corredor e feito fisioterapia respiratória.

Bolsonaro ficará afastado do cargo por mais quatro dias, segundo nota divulgada na tarde desta quinta-feira (12) pelo porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *