15 de outubro de 2019
  • :
  • :

Prefeitura inicia mobilização do Outubro Rosa em Salvador

Prefeitura inicia mobilização do Outubro Rosa em Salvador

Uma feira de saúde da mulher, no Largo do Papagaio, no bairro da Ribeira, abriu nesta segunda-feira (30) a programação para o Outubro Rosa – mês de conscientização de prevenção do câncer de mama e colo de útero. A ação, que prossegue até esta terça-feira (01), contou com a presença do prefeito ACM Neto, do secretário de Saúde, Leo Prates, e da secretária de Políticas para as Mulheres, Infância e Juventude, Rogéria Santos.

Nos dois dias, das 8h às 16h, o caminhão do Instituto Nacional de Amparo à Pesquisa (INTS), parceiro do evento, oferta 80 vagas por dia para realização de mamografias. As interessadas devem ter entre 50 a 69 anos e apresentar o cartão SUS e identidade. Excepcionalmente mulheres a partir de 35 anos, que tenham no histórico familiar da doença, também poderão fazer o exame.

“Com ações como essa de hoje, vamos avançar muito no que se refere à demanda reprimida de atendimentos médicos para as mulheres. A meta é, neste Outubro Rosa, zerar a fila em alguns exames e oferecer 30 mil procedimentos tipo transvaginal e ultrassom abdominal. Também faremos diversas iniciativas para oferecer exame de mamografia. A ideia é descentralizar ao máximo a oferta desse serviço para facilitar o acesso”, disse ACM Neto.

O prefeito lembrou que a prevenção é o melhor caminho para evitar doenças como o câncer de mama. “É muito mais barato orientar, instruir, conversar e fazer os exames, garantindo o acompanhamento permanente das mulheres e, caso se descubra algum problema, fazer o tratamento desde o início, tornando a luta contra a doença mais eficaz”, frisou.

Outros serviços – Na feira, também é possível ter acesso a consulta médica, antropometria, aferição de pressão arterial, atendimento odontológico, realização de exame clínico das mamas e encaminhamento para mamografia na rede municipal. Os profissionais de saúde realizam ainda testagem rápida (sífilis, HIV e hepatite), aconselhamento e encaminhamento dos casos confirmados de sífilis para administração de penicilina na unidade de saúde, além de dispensação de preservativos femininos, masculinos e lubrificantes.

Haverá encaminhamento para o Centro de Pesquisa e Assistência em Reprodução Humana (CEPARH) para a mulher que decidir pela realização de laqueadura. “A receptividade da população pra esse tipo de evento é muito grande. Estamos cuidando para que esse modelo de evento seja perene e, por isso, vamos aproveitar cada mês para fazer um esforço para que Salvador não tenha fila nos principais exames”, disse Leo Prates.

As atividades educativas também fazem parte do evento, com palestras para autocuidado das mamas, planejamento sexual e reprodutivo, hábitos saudáveis e prevenção de doenças crônicas não transmissíveis. A Prefeitura cuida de Salvador como um todo. Não é só infraestrutura. A mesma cidade que constrói o BRT pega na mão da mulher para que ela tenha cuidado com a sua saúde. A própria SPMJ lançará sua ação do Outubro Rosa em breve e se somando a outras ações na cidade”, afirmou Rogéria Santos.

Agenda – Visando estimular o diagnóstico precoce do câncer de mama, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), em parceria com diversos órgãos e entidades, intensifica ações em mobilização ao Outubro Rosa em unidades básicas de saúde, Hospital Municipal, shoppings e locais com grande circulação de pessoas na capital, fomentando a procura aos meios de prevenção e ampliando o acesso de mulheres para realização da mamografia.

Foto: Max Haack/Secom-PMS




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *