11 de dezembro de 2019
  • :
  • :

“Ponte vai gerar unidade e desenvolvimento na Bahia”, diz Leão na Alba

“Ponte vai gerar unidade e desenvolvimento na Bahia”, diz Leão na Alba

Dados atualizados e detalhes técnicos do Projeto Rodoviário Ponte Salvador-Ilha de Itaparica foram apresentados pelo Governo do Estado, nesta quarta-feira (02), na Comissão do Complexo Intermodal da Fiol-Porto Sul e Complexo Viário do Oeste, na Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, presidida pelo deputado estadual Antônio Henrique Júnior (PP). O vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia, e os secretários de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, e da Casa Civil, Bruno Dauster, responderam perguntas dos parlamentares.

“O objetivo dessa ponte é fazer uma unidade, trazer o interior do estado para mais perto da capital. Permitiremos que 250 municípios fiquem 100km mais perto de Salvador. A perspectiva é que, na fase de construção, sejam gerados 7 mil empregos. Além disso, a arrecadação de ISS será incrementada, sem falar na criação de um importante ativo cultural e turístico”, afirmou Leão.

Para contribuir na atração de mais empresas interessadas na implantação do projeto da ponte, um evento será realizado na próxima semana em São Paulo. “O projeto para construção do equipamento será apresentado para o mercado investidor nacional e internacional, na próxima terça-feira (08), na Bolsa de Valores. No evento, os empresários e organismos financiadores terão a oportunidade de saber mais detalhes sobre o edital de licitação e o projeto da obra”, destacou o secretário Marcus Cavalcanti.

“O equipamento irá gerar um novo vetor de desenvolvimento da Bahia, fortalecendo os territórios da Ilha de Itaparica e do Recôncavo Sul, alcançando também as regiões Sul e Oeste”, defendeu o titular da Casa Civil, Bruno Dauster. Ele ainda destacou que o projeto não é apenas uma ação de governo: “Estamos focados no crescimento econômico do estado, em fomentar as atividades industriais, turísticas e comerciais para as próximas décadas, gerando mais emprego e renda para a nossa população”.

Licitação – A ponte terá 12,4 km de extensão e beneficiará 4,4 milhões de habitantes nas regiões Metropolitana de Salvador, Baixo Sul e Litoral Sul baiano. O projeto inclui ainda a implantação dos acessos à ponte em Salvador, por túneis e viadutos, e em Vera Cruz, com a ligação à BA-001, junto com uma nova via expressa e a interligação desta com a Ponte do Funil, também na BA-001.

O edital da licitação da Ponte Salvador-Itaparica está disponível e pode ser baixado no portal da Secretaria de Infraestrutura da Bahia. A abertura dos envelopes com as propostas está marcada para 21 de novembro, na Bolsa de Valores, em São Paulo. As empresas habilitadas participarão do leilão no dia 25 e a vencedora do edital será a que apresentar a melhor proposta para execução do serviço.

Foto: Divulgação/Ascom-SDE




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *