15 de outubro de 2019
  • :
  • :

Geninho critica “voto de silêncio” dos jogadores do Vitória

Geninho critica “voto de silêncio” dos jogadores do Vitória

Os atletas deixaram de falar com a imprensa na última terça-feira (1), dia da reapresentação após perder por 2×0 para o Bragantino, no domingo (29). No lugar de algum jogador, quem deu entrevista coletiva foi o médico Marcelo Côrtes.

O voto de silêncio seguiu na quinta-feira (3). Os atletas não falaram com a imprensa nem na chegada à Fonte Nova para enfrentar o Sport, nem na entrada e saída de campo. O Vitória empatou em 2×2.

Comandante deles, o técnico Geninho declarou após a partida que não estava ciente do silêncio: “Fiquei sabendo agora (na entrevista coletiva após o jogo). Estou tão atento aos treinamentos que não sei nem quem vai dar entrevista ou não vai”.

Geninho disse que ia procurar saber o motivo da recusa: “Já temos muitos problemas no Vitória. Vou procurar ver o motivo. Não é momento de confronto. É momento de união, de puxarmos a corda para o mesmo lado”

“Vocês (da imprensa) não têm o mínimo interesse de que o Vitória caia, seria prejuízo para todo mundo. Todo mundo quer cobrir clubes na Série A. Não os vejo como inimigos”, completou.

Nesta sexta-feira (4), na reapresentação após o duelo com o Sport, o silêncio continuou. Os jogadores treinaram e não houve entrevista coletiva.

O Vitória está no Z4, dois pontos atrás do Londrina, 16º colocado. Na terça-feira (8), recebe o Oeste no Barradão.

Por fim, Geninho disse que não gostou da postura dos atletas: “Quem optou pela profissão tem que estar preparado para a crítica. Tem que ter autocrítica, saber se errou ou não. Se errou, reconhecer e procurar corrigir”.

“Estou sempre à disposição de vocês. Me chama que vou lá. Acho que é a melhor maneira de esclarecermos tudo. Tenho que explicar o que fiz e dar minha opinião. Vocês (a imprensa) têm que saber o que está passando em minha cabeça sobre o time”, finalizou o treinador.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *