3 de agosto de 2020
  • :
  • :

ACM Neto afirma que Estado não solicitou licenças para VLT e Tramo 3 do Metrô

ACM Neto afirma que Estado não solicitou licenças para VLT e Tramo 3 do Metrô

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), afirmou nesta terça-feira (10) durante assinatura da ordem de serviço para construção da Avenida João Gilberto, no bairro de Pau da Lima, que o governo estadual não solicitou licenças e alvarás do município para implantação do VLT e do tramo 3 do metrô.

Na segunda-feira (09), o governador Rui Costa (PT) assinou a ordem de serviço para implantação do trecho 3 do metrô, que vai de Pirajá até Águas Claras, na região de Cajazeiras. Nesta terça (10), foi a vez de autorizar o início das obras do VLT, modal de transporte que vai ligar o bairro do Comércio, em Salvador, à localidade conhecida como Ilha de São João, situada em Simões Filho, na região metropolitana.

“Com muita tranquilidade, sem querer transformar isso em polêmica, porque não é o meu desejo, mas aproveito para deixar um recado ao governo do Estado. Vi o governo do Estado dando ordem de serviço para a obra do VLT e para o trecho 3 do metrô. Nós queremos que o trecho 3 do metrô e o VLT aconteçam. Agora, não dá para imaginar que o governo do Estado, o governo federal, nem ninguém, vai construir uma obra em Salvador sem discutir o seu impacto e a sua integração com a prefeitura. Essa hipótese não existe”, discursou o gestor soteropolitano.

Em seguida, o democrata pediu ao governo petista que tenha humildade para discutir a obra com a gestão municipal.

“Peço que o governo do Estado tenha um pouco mais de humildade, desça do salto, reconheça a legitimidade da prefeitura. Eu não tenho culpa se há um recalque da turma do governo, porque tentaram ganhar duas eleições e foram derrotados por mim. Da mesma forma, eu não tenho culpa que eles jamais conseguiram realizar o sonho e o desejo de transformar a prefeitura em uma autarquia, uma secretaria, um departamento, uma diretoria do governo do Estado”, cutucou.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *