11 de agosto de 2020
  • :
  • :

Yamana Gold testa pela 2ª vez as sirenes das barragens de rejeito em Jacobina

Yamana Gold testa pela 2ª vez as sirenes das barragens de rejeito em Jacobina

As sirenes instaladas em duas barragens de rejeitos de mineração de ouro no município de Jacobina, centro-norte da Bahia, foram testadas nesta sexta-feira (13). O procedimento feito pela empresa Jacobina Mineração e Comércio, controlada pela Yamana Gold, e foi acompanhado pelo Ministério Público estadual (MP-BA).

De acordo com o promotor de Justiça Pablo Almeida, foram detectados avanços em relação ao primeiro simulado realizado em fevereiro deste ano. “As antigas placas de rotas de fuga e pontos de encontro, que não estavam de acordo com as normas legais, foram substituídas por novas, com a observância da norma técnica, bem como a própria instalação e funcionamento das sirenes em seus lugares definitivos, viabilizando, assim, a realização de novo simulado com as comunidades no entorno de maneira ideal”, constatou o representante do MP-BA.

A empresa informou que os testes com as sirenes foram realizados de forma preventiva e, segundo estudos dos técnicos da companhia, não há pontos críticos ou condições que denotem alguma anomalia nas barragens.

“A experiência foi positiva, porque na denominada zona de autosalvamento, diante de um rompimento da barragem, os moradores e funcionários teriam que realizar rotinas de segurança, já que não haveria tempo hábil suficiente para atuação das equipes de resgate públicas ou da própria empresa”, explicou o Promotor.

A empresa responsável pela extração do ouro possui duas barragens de rejeitos, uma ao lado da outra, denominadas de BI e BII, a primeira em processo de fechamento e a segunda em plena atividade com previsão de utilização até 2036.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *