24 de fevereiro de 2020
  • :
  • :

Contas da Prefeitura do Rio sofrem arresto de R$ 164 milhões

Contas da Prefeitura do Rio sofrem arresto de R$ 164 milhões

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) determinou nesta terça-feira (17) o arresto de R$ 164 milhões nas contas da Prefeitura do Rio para o pagamento de salários atrasados da Saúde.

Também nesta segunda-feira, a Justiça conseguiu encontrar e bloquear R$ 131 milhões em uma conta no Banco do Brasil.

A sequência de arrestos levou a prefeitura a suspender todos os pagamentos e demais movimentações financeiras até segunda ordem.

No total, a Justiça determinou, até o momento, o arresto de R$ 420 milhões, mas na prática encontrou pouco mais da metade desse valor — R$ 223 milhões.

O TRT atendeu ainda a um pedido do sindicato que representa os profissionais da enfermagem e determinou a transferência imediata de R$ 76 milhões de contas bloqueadas da prefeitura para as Organizações Sociais (OSs) que estão sem receber – CEP 28, Cruz Vermelha do Rio Grande do Sul, SPDM e Viva Rio.

Essas organizações são responsáveis pelos hospitais Pedro II, em Santa Cruz, Albert Schweitzer, em Realengo, Evandro Freire, na Ilha do Governador, e Mariska Ribeiro, em Bangu, além de UPAs e também pelo programa Cegonha Carioca.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *