1 de outubro de 2020
  • :
  • :

Jornada Pedagógica aborda desafios para educação em Salvador

Jornada Pedagógica aborda desafios para educação em Salvador

Em oito anos, os esforços realizados pela Prefeitura, em conjunto com a comunidade escolar, têm resultado na melhoria da qualidade da educação em Salvador. E o desafio da rede municipal de ensino em 2020, com aulas a serem iniciadas no próximo dia 5 é, justamente, consolidar as conquistas para aumentar ainda mais a qualidade do ensino e aprendizado dos alunos.

Com o tema “Gestão para resultados: consolidando a aprendizagem por meio do processo participativo e democrático”, a Jornada Pedagógica foi aberta na manhã desta quinta-feira (30), no Hotel Fiesta, reunindo durante todo o dia os gestores das 435 unidades escolares da cidade. A cerimônia inicial teve as presenças do prefeito ACM Neto; dos secretários da Educação (Smed), Bruno Barral, e da Reparação (Semur), Ivete Sacramento; da diretora pedagógica da Smed, Joelice Braga; e da presidente do Conselho Municipal da Educação (Smed), Misia Sousa, dentre outras autoridades.

O prefeito lembrou que, em 2013, a educação municipal possuía muitos sonhos e objetivos projetados e, agora, todos podem conferir o avanço do setor no município. Ele salientou também que, com essas conquistas, o desejo é de ambicionar ainda mais melhorias para professores e alunos, e agradeceu a todos por trabalhar em conjunto com a Prefeitura nesse propósito. “A rede comprou de verdade a decisão de transformar a educação em Salvador. Sem vocês, nada disso teria acontecido. Que a grande marca deixada pela gestão seja o que fomos capazes de construir na educação de Salvador”, destacou ACM Neto.

O secretário Bruno Barral citou o educador Paulo Freire, na Terceira Carta Pedagógica do livro “Pedagogia da Indignação”, para ressaltar a importância do tema da Jornada Pedagógica este ano e para reafirmar a presença dos ideais do educador brasileiro na rede municipal.

“Acreditamos que a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda. Se a nossa opção é progressiva, se estamos a favor da vida e não da morte, da equidade e não da injustiça, do direito e não do arbítrio, da convivência com o diferente e não de sua negação, não temos outro caminho se não viver a nossa opção. Encarná-la, diminuindo, assim, a distância entre o que dizemos e o que fazemos”.

Demais atividades – Após a cerimônia de abertura, foram realizadas as palestras “Gestor escolar: autonomia responsável”, com a secretária da Semur, e “Para que serve a Escola no século XXI: desafios e possibilidades”, com o psicólogo, neuropsicólogo e doutor em Ciências da Educação Alessandro Marimpietri. No turno vespertino, o tema em pauta será “Inteligência emocional: a ciência da felicidade”, com o presidente da Sonhar Treinamento e Desenvolvimento Humano, Hilvan Santos.

“Esse é um momento de repaginada, de uma retomada de fôlego e de avaliação do que foi positivo e o que pode ser feito este ano. Digo que só está aqui hoje quem acredita na educação”, afirmou a gestora do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Dom Bosco, Maria do Socorro Ribeiro.

Na próxima segunda e terça-feiras (3 e 4), a Jornada Pedagógica prossegue em cada uma das escolas da rede, reunindo gestores e professores para a discussão do tema e preparação para o início das aulas.

Foto: Max Haack/Secom-PMS




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *