26 de fevereiro de 2020
  • :
  • :

Vistoria avalia fase final de obras do Parque dos Ventos

Vistoria avalia fase final de obras do Parque dos Ventos

As obras de construção do Parque dos Ventos, na Boca do Rio, foram alvo de nova vistoria envolvendo os gestores municipais nesta quinta-feira (13). Estiveram presentes na ocasião o prefeito ACM Neto e o vice e secretário de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Bruno Reis. As intervenções no local estão em fase de conclusão e a estimativa é que o espaço seja entregue na primeira quinzena de março.

Localizado próximo ao Centro de Convenções de Salvador, o Parque dos Ventos será destinado para a prática de esportes radicais, além de possuir um cardápio de atrativos para o lazer para as famílias. O projeto envolve intervenção em quase 80 mil m² de área e foi elaborado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF).

As obras estão sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), por meio da Superintendência de Obras Públicas (Sucop). O investimento é de aproximadamente R$10 milhões, totalmente com recursos municipais.

Esporte e lazer – O Parque dos Ventos servirá como um verdadeiro centro esportivo, abrigando estrutura de 10 metros de altura para atividades de rapel e escalada e pista de skate street, cuja composição simula obstáculos de rua como escadarias, rampas e corrimões. Ideal para atletas profissionais e amadores fazerem manobras radicais.

Os amantes da bike também terão espaços para pedalar a passeio através de uma ciclovia de 3km. Quem já é bastante habituado com o veículo e gosta de desafios, poderá percorrer a pump track – pista de circuito contínuo, com lombadas, morros de terra arredondados e curvas levemente inclinadas.

O Parque dos Ventos também terá espaço destinado exclusivamente à prática do parkour. Os praticantes terão uma estrutura bem preparada e equipada para conseguir desenvolver movimentos que exigem técnicas de corrida, salto, equilíbrio e escalada.

O equipamento também conta com parque infantil, tabelas de basquete, quadra de vôlei, área para contemplação e piquenique, anfiteatro para receber entre 100 a 150 pessoas, além de um extenso passeio para realização de caminhada e área de patins.

Para garantir mais segurança aos visitantes, o parque será cercado e contará uma portaria principal para controle de entrada, que será gratuita. O projeto estrutural também contempla a construção de um pequeno ambulatório, estacionamento com 150 vagas, sanitários e quiosques.

Foto: Valter Pontes/Secom-PMS




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *