2 de abril de 2020
  • :
  • :

Ao lado de Brown, Rei Momo recebe a Chave da Cidade no Carnaval de Salvador

Ao lado de Brown, Rei Momo recebe a Chave da Cidade no Carnaval de Salvador

Por Davi Lemos (dvlemos@gmail.com)

A fusão de toques de afoxé com a introdução da ópera “O Guarani”, do maestro Carlos Gomes, formou o tom da abertura oficial do Carnaval de Salvador no final da tarde desta quinta-feira (20), no Largo do Farol da Barra. Coube ao “cacique” Carlinhos Brown a abertura dos festejos após a entrega das chaves da cidade ao Rei Momo, Dilson Chagas. A entrega foi realizada pelo prefeito ACM Neto e pelo secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, representante do governador Rui Costa.

Carlinhos Brown abriu a festa e agradeceu ao prefeito pela “sensibilidade” que possibilitou o retorno dele à folia soteropolitana – Brown não se apresentou em Salvador no Carnaval de 2019. Quem ficou mais uma vez ausente à entrega das chaves ao Rei Momo foi o governador Rui Costa – segundo o prefeito ACM afirmou na coletiva realizada no meio do Largo do Farol, Costa ainda tinha agenda para cumprir na Governadoria e, por isso, fez-se ser representado por Fausto Franco.

No Pranchão de Brown, nome dado ao trio que conduzia o artista baiano no circuito Barra-Ondina, seguiram o prefeito ACM Neto, o vice Bruno Reis, o presidente da Câmara Geraldo Jr, o secretário municipal de Turismo, Cláudio Tinoco e Fausto Franco. Antes de seguir com o trio, Brown foi até o chão do Largo e jogou milho e pipoca, ritual das religiões de matriz africana para conservar o “axé”, que significa força. Comentário de um folião chamou a atenção: “com esses milhos e essa pipoca jogadas por Brown, esse Carnaval está mesmo abençoado!”.

Retrospectiva – O prefeito ACM Neto disse que, após oito anos à frente da cidade de Salvador, era momento de realizar uma retrospectiva para avaliar a evolução e as conquistas do Carnaval no último ano. “O Carnaval evoluiu como a cidade. Salvador voltou a ser uma cidade respeitada em todo o Brasil”, disse o prefeito, que afirmou ser este o melhor momento da capital baiana nos últimos 20 anos.

Neto falou que chega ao último ano de mandato com a sensação de dever cumprido. Em sua gestão, o Carnaval de Salvador chega a ter 10 dias de folia. Antes da abertura oficial, já houve Furdunço, Fuzuê, Pipoco dentro da programação que, mesmo após polêmicas, deve invadir a Quarta-feira de Cinzas.

Primeiro dia – Depois de Carlinhos Brown, várias outras atrações patrocinadas pela Prefeitura se apresentam sem cordas no Circuito Dodô, a exemplo de Harmonia, Claudia Leitte, Denny Denan, Daniela Mercury, Banda Eva, Mudei de Nome, La Fúria, Rafa e Pipo Marques, Margareth Menezes, O Poeta, Araketu e Chiclete com Banana. No Circuito Osmar (Centro), a abertura oficial da festa é toda dedicada aos Blocos de Samba.

Foto: Alfredo Filho/Secom-PMS




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *