8 de abril de 2020
  • :
  • :

Fundador da Escola de Circo Picolino, Anselmo Serrat morre aos 71 anos

Fundador da Escola de Circo Picolino, Anselmo Serrat morre aos 71 anos

O artista, roteirista e diretor Anselmo Serrat, criador da Escola de Circo Picolino, morreu nesta terça-feira (17) aos 71 anos, em Salvador. O corpo dele está sendo velado na sede do circo, em Pituaçu, na capital baiana. O corpo de Anselmo Serrat será cremado hoje (18), às 10h da manhã, no cemitério Jardim da Saudade.

Anselmo estava internado no Hospital São Rafael, onde morreu por complicações de um câncer. O artista circense lutava contra a doença desde 2018.

Anselmo Serrat nasceu no Rio de Janeiro, em 12 de agosto de 1948. Ele chegou a Salvador em 1984, onde fundou a Escola de Circo Picolino, responsável pela formação de várias gerações de artistas circenses.

Serrat foi piorneiro na criação do circo social na Bahia, em parceria com o Projeto Axé e a Fundação italiana Ágata Esmeralda. À frente da Companhia de Circo Picolino, ele fez turnês pelo Brasil e pela Europa, com espetáculos focados na cultura baiana e de nomes como Gláuber Rocha, João Ubaldo Ribeiro, Gregório de Mattos, Caetano Veloso, dentre outros.

O artista deixa os filhos Iuri, Apoena, Luana e Jana, as duas últimas também artistas circenses, quatro netos e uma legião de admiradores do seu trabalho.

Foto: Divulgação




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *