14 de julho de 2020
  • :
  • :

Diego Costa é condenado a seis meses de prisão por fraude fiscal na Espanha

Diego Costa é condenado a seis meses de prisão por fraude fiscal na Espanha

O jogador brasileiro naturalizado espanhol, Diego Costa, foi condenado a cumprir seis meses de prisão e pagar uma multa de 543 euros pelo crime de fraude fiscal. Segundo promotores, o atacante teria sonegado cerca de 1 milhão de euros na declaração do imposto de renda de 2014, ano que deixou o Atlético de Madrid para jogar pelo Chelsea, da Inglaterra.

De acordo com o jornal espanhol Marca, o atleta de 31 anos, natural de Lagarto, em Sergipe, teria utilizado empresas internacionais e sua gestão de imagem para cometer as fraudes.

Após se declarar culpado durante audiência nesta quinta-feira, 4, em Madri, capital da Espanha, Costa fez um acordo com a lei e pagará uma multa de 36 mil euros no lugar da prisão.

Em 2019, o jogador já havia pago 1,14 milhão de euros às autoridades espanholas por débitos tributários. Ainda segundo o jornal Marca, o artilheiro teria recebido um adiantamento em seu retorno aos Colchoneros, em 2017, para se acertar com a Justiça do país.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *