29 de setembro de 2020
  • :
  • :

Prefeitura autoriza construção de mais dois trechos do BRT Salvador

Prefeitura autoriza construção de mais dois trechos do BRT Salvador

A implantação dos corredores exclusivos do Bus Rapid Transit (BRT), realizada pela Prefeitura, avança em Salvador e já alcança mais dois trechos. Um deles está localizado entre o Loteamento Cidade Jardim e a Estação da Lapa, e o outro vai ligar o Parque da Cidade até a Pituba. Além disso, será feita uma intervenção complementar, que vai ligar as avenidas Tancredo Neves e Magalhães Neto.

As ordens de serviço para início imediato das obras foram assinadas nesta segunda-feira (29) pelo prefeito ACM Neto, no canteiro central da ligação Garibaldi-Lucaia. Também estiveram presentes o vice Bruno Reis e os titulares das secretarias de Mobilidade (Semob), Fábio Mota, e de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Luciano Sandes.

“Mesmo nesse período de pandemia, nos preocupamos em não paralisar obras essenciais. Uma delas é a do BRT. O ritmo da primeira etapa está bastante intenso e a ideia é de que, ainda este ano, possamos ter essa fase concluída, o que já começa a trazer funcionalidade para o projeto”, afirmou ACM Neto.

O prefeito ainda completou que a conclusão das obras nos três trechos vai oferecer uma solução completa de mobilidade nas avenidas ACM, Juracy Magalhães, Tancredo Neves e Magalhães Neto – situadas no novo centro financeiro da cidade e, por isso, uma das regiões mais movimentadas da capital baiana. Todas as intervenções têm recursos oriundos de financiamento e são acompanhadas por órgãos fiscalizadores, como o Tribunal de Contas da União (TCU).

Com construção do primeiro trecho em andamento, o novo modal possibilitará a criação de linhas exclusivas para o transporte público, automóveis e bicicletas em corredores de tráfego próprios e segregados que vão reduzir o tempo do soteropolitano no trânsito, sobretudo em áreas historicamente marcadas por grandes congestionamentos. O sistema será, inclusive, integrado ao metrô.

*Trecho dois* – De acordo com Bruno Reis, que acompanhou todo o processo de elaboração da segunda e terceira etapas quando ainda estava à frente da Seinfra, essas obras são importantes e estratégicas para o crescimento de Salvador. Durante a apresentação, ele informou que o segundo trecho terá extensão de 6,9 km, partindo do Hospital Aliança até a Estação da Lapa, incluindo a Avenida Vasco da Gama.

As intervenções estão a cargo do Consórcio Engetec/PCE, com investimento de R$203,7 milhões. As obras nesse trajeto têm previsão de conclusão no primeiro semestre de 2022.

O cronograma prevê o aproveitamento das vias de ônibus convencionais já existentes ao longo da Avenida Vasco da Gama, adaptando-a para uso do sistema BRT. Também serão implantadas novas vias exclusivas, além das estações Vasco da Gama, Ogunjá, Hospital Geral do Estado, Rio Vermelho, Pedrinhas e Cidade Jardim.

Essa etapa ainda engloba a construção de elevados e viadutos nos principais locais de cruzamento viário ao longo do corredor, especificamente na Rótula dos Barris, Avenida Garibaldi/Rua Lucaia e Vale das Pedrinhas. Os serviços abrangem ainda intervenções de macrodrenagem, urbanização e paisagismo, ciclovias e ciclofaixas.

*Sentido orla* – Já o terceiro trecho segue no sentido orla, a partir do Parque da Cidade até o Posto Namorados, na Pituba, e está previsto para ser finalizado em maio de 2021, ou seja, antes do trecho dois. Com percurso menor, de apenas 1,8 km, as obras no local terão investimento de R$ 37,6 milhões e serão de responsabilidade da Engetec Construções e Montagem S/A. Nessa extensão, os usuários contarão com três estações, sendo uma no Parque da Cidade, outra no Itaigara e mais uma na Pituba.

*Intervenções complementares* – A implantação do BRT também envolve obras complementares. Uma delas é a trincheira bidirecional que liga as avenidas Tancredo Neves e Magalhães Neto. Com investimento de quase R$43 milhões, a intervenção é realizada através do Consórcio OAS/Future ATP, vencedora da licitação, com prazo de conclusão em 11 meses.

As obras envolvem construção de via nova e subterrâneo, recapeamento de vias existentes, ajustes na passarela existente, drenagem, iluminação em LED, paisagismo e equipamentos urbanos. A intenção é proporcionar conexão direta da Avenida Magalhães Neto com a região interna (miolo) e com a pista principal da Avenida Tancredo Neves.

Com isso, deverá ser reduzido o fluxo intenso no trecho da pista marginal da Avenida Tancredo Neves entre a Avenida Magalhães Neto e a Rua José Peroba, melhorando a fluidez na Avenida Tancredo Neves ao priorizar o transporte coletivo. Visa ainda facilitar o acesso dos pedestres ao “miolo” ampliando a passarela existente e possibilitar a implantação de ciclovia na região.

*Balanço* – Com 75% de obras concluídas, o trecho um do BRT possui 2,9 km de extensão e liga o Loteamento Cidade Jardim (Parque da Cidade) à região do Shopping da Bahia (Estação de Integração BRT/Metrô). Antes mesmo da conclusão total percurso, prevista para o final deste ano, quatro elevados (viadutos) já foram entregues e hoje proporcionam mais fluidez ao tráfego da Avenida ACM.

Um dos equipamentos fica entre a concessionária Baviera e o supermercado Sam’s Club (sentido Shopping da Bahia ao Parque da Cidade). O outro está situado na região do Cidadela, começando próximo da entrada do bairro da Polêmica e finalizando perto da antiga Comercial Ramos (também no sentido Shopping da Bahia ao  Parque da Cidade).

Mais dois viadutos compõem o complexo viário João Gilberto, nas imediações do Parque da Cidade, no Itaigara. Três outros elevados estão em construção neste trecho um do BRT. Haverá ainda duas estações para embarque e desembarque de passageiros, no Cidadela e no Walmart.

*Articulados* – Os veículos utilizados pelo novo modal serão do tipo ônibus articulados com capacidade nominal de 170 passageiros, portas largas e comprimento máximo de 23m. Operando a uma velocidade média comercial de 25 a 40 km/h, os tempos de percurso serão significativamente reduzidos se comparados aos atuais níveis de operação. Os estudos de demanda indicaram que o primeiro ano de operação do BRT terá um total de 31,6 mil passageiros/hpm (hora de pico) e 346,0 mil/dia.

Foto: Divulgação/SECOM-PMS




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *