11 de agosto de 2020
  • :
  • :

Ambulantes de Cajazeiras recebem 800 cestas básicas; região tem 63 interdições

Ambulantes de Cajazeiras recebem 800 cestas básicas; região tem 63 interdições

Ambulantes e feirantes dos bairros Cajazeiras 7, 8, 10 e 11 receberam, nesta sexta-feira (24), 800 cestas básicas, distribuídas pela Prefeitura de Salvador, através da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop). A iniciativa faz parte das ações de proteção à vida na região, que começaram na manhã desta sexta-feira.

A distribuição dos itens será feira, a partir de segunda-feira (27), também em Fazenda Grande 1, 2, 3 e 4. De acordo com informações da Secretaria de Comunicação (Secom), além das ações de proteção à vida, os bairros entram na lista das medidas regionalizadas mais restritivas para conter o avanço da Covid-19 e reforçar o isolamento social.

Assim como o comércio formal, com exceção dos serviços essenciais, as atividades informais serão suspensas pelo prazo inicial de sete dias.

Segundo o diretor de serviços públicos da Semop, Adriano da Silva Silveira, a distribuição das cestas básicas segue com o intuito de resguardar os ambulantes no momento em que as restrições são mais duras.

“Essa atitude visa acolher as famílias do comércio informal que estão em áreas que devem permanecer por um período com o comércio fechado. É uma atitude positiva porque mostra que o ambulante é importante para a cidade e a Prefeitura entende que, por ser o elo mais fraco, eles precisam de cuidados para sofrer o menor impacto possível”, detalhou.

Interdições – A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), com apoio da Polícia Militar da Bahia (PM-BA), interditou 63 estabelecimentos comerciais na região de Cajazeiras nesta sexta-feira (24), primeiro dia de vigência das medidas regionalizadas mais restritivas em oito bairros da localidade.

Foram fechados vários tipos de estabelecimento em Cajazeiras 8 (sete no total), 10 (com 25 interdições), 11 (total de oito), além da Fazenda Grande 1 (com duas ocorrências), 2 (com nove) e 4 (com 12). Na lista estão chaveiros, lanchonetes, bares, assistências técnicas, barbearias, depósitos de bebidas, financeiras, restaurantes, oficinas, gráficas e casas de bolo.

Houve interdições ainda em Castelo Branco e Águas Claras, com três ocorrências em cada. Nesses dois bairros, as medidas mais restritivas começaram a valer na semana passada, e foram prorrogadas. Somando aos registros das localidades de Cajazeiras, onde as mesmas medidas começaram a vigorar hoje e valem por sete dias, o total de interdições feitas pela Sedur foi de 69 nesta sexta.

Regras – Em todos os bairros com medidas restritivas regionalizadas, os comércios formal e informal devem permanecer fechados, independentemente do tamanho da área. Apenas atividades essenciais podem funcionar, a exemplos de supermercados, padarias, delicatessens, farmácias, açougues, estabelecimentos que utilizam o sistema de delivery (sem retirada no local) e serviços de saúde.

Testagem – Neste primeiro dia de implantação das medidas restritivas regionalizadas e ações de proteção à vida contra a Covid-19 na região de Cajazeiras, 170 pessoas testaram positivo para o novo coronavírus. Foram aplicados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) 701 testes rápidos em moradores de Cajazeiras 7, 8, 10 e 11, além da Fazenda Grande 1, 2, 3 e 4 e Águas Claras.

As testagens tiveram início hoje na região, com exceção de Águas Claras, onde já aconteciam desde a semana passada e foram prorrogadas. Houve ainda testagem em Castelo Branco e Nordeste de Amaralina, bairros que, como Águas Claras, também tiveram as medidas regionalizadas e ações de proteção à vida prorrogadas por mais sete dias.

Em Cajazeiras 7, foram aplicados 147 testes, com 51 casos positivos. Na 8 e na 10, foram 140 procedimentos e 44 confirmações. Em Cajazeiras 11, foram ofertados 138 testes e 29 pessoas tiveram a confirmação para a doença.

Já em Fazenda Grande 1 e 2, a Prefeitura disponibilizou 133 testes e constatou 23 moradores com o novo coronavírus. Em Fazenda Grande 3 e 4, dos 143 testes, 23 deram positivo.

Outros bairros – Em Castelo Branco, foram ofertados 150 testes pela SMS, com 40 casos confirmados da doença hoje. Já no Nordeste de Amaralina, 151 pessoas passaram pelo procedimento, que apontou 33 infectadas.

Em uma ação itinerante em Plataforma, a SMS realizou 147 testes rápidos, identificando 40 casos da doença. Houve testagem ainda no Cabula, através de blitz com apoio da Transalvador, com 28 casos positivos em 100 procedimentos aplicados.

Foto: Jefferson Peixoto/Secom-PMS




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *