21 de abril de 2021
  • :
  • :

Novas Avenida Sete e Praça Castro Alves serão inauguradas nesta sexta-feira

Novas Avenida Sete e Praça Castro Alves serão inauguradas nesta sexta-feira

A Prefeitura de Salvador vai inaugurar nesta sexta-feira (14), às 10h, as obras de requalificação da Avenida Sete de Setembro e da Praça Castro Alves, no Centro da cidade.

A solenidade, marcada para acontecer na Praça do Poeta, contará com a presença do prefeito ACM Neto, que também anunciará, na ocasião, novas medidas de combate ao novo coronavírus nos bairros.
 
As intervenções foram feitas da Casa D’Itália até a Praça Castro Alves. Nesse mesmo sentido, o passeio do lado esquerdo foi alargado, saindo de 2,5 para cinco metros de largura, o que vai promover melhoras significativas no deslocamento de pedestres e no ordenamento dos comerciantes informais, parte deles já relocados para a pista, em área demarcada, mantendo o distanciamento social entre as estruturas de venda.

Outra melhoria perceptível pelos cidadãos, ainda referente aos passeios, foi a renovação do calçamento de pedra portuguesa, que preservou as características históricas originais do local – inclusive os brasões existentes em alguns pontos. Além disso, foram colocados piso tátil e rampas de acessibilidade, tornando o trajeto mais inclusivo para pessoas com deficiência.  

Na lista de intervenções, foram implantadas rede de água e de esgoto secundárias, ligando até a principal as instalações das residências e lojas. As fiações de telecomunicação foram rebaixadas em dutos subterrâneos. A iluminação agora está mais moderna, com lâmpadas em LED. 

Parklets – A avenida ganhou ainda espaços contíguos às calçadas, destinados ao lazer e convivência, chamados de parklets. São três áreas de 11 metros de comprimento e 2,2 metros de largura, que possuem lixeiras, jardineiras, bancos e paraciclos.

Os parklets ficam nos seguintes trechos da avenida: um próximo à Rua da Forca, outro na entrada da Rua do Cabeça e o último próximo do acesso ao Beco Maria da Paz. Todos do lado esquerdo de quem desce a avenida em direção à Praça Castro Alves.

Poeta – Aliás, falando da praça do poeta, todo o asfalto da pista no entorno do local foi retirado e substituído por piso em paralelepípedo (como era antigamente), com espaço compartilhado entre pedestres e veículos, em mesmo nível. A circulação dos automóveis foi separada com a instalação de defesas de concreto. Além disso, a fiação da iluminação já foi alocada para valas subterrâneas.

Etapas – Sob responsabilidade da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), as obras na Avenida Sete e Praça Castro Alves foram financiadas pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), através do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), com aproximadamente R$ 20 milhões em investimentos.

A revitalização foi dividida em quatro etapas: a primeira da Casa D’Itália ao Largo do Rosário; a segunda, da Igreja do Rosário ao Relógio de São Pedro; a terceira, do Relógio de São Pedro ao Edifício Sulacap; e a última, do Sulacap à Praça Castro Alves. Antes, houve um intenso trabalho arqueológico em busca de achados históricos. 

Arqueologia – Mais de 12 mil artefatos históricos foram resgatados na região. Por se tratar de um sítio arqueológico, as escavações para obra de requalificação da Avenida Sete de Setembro e Praça Castro Alves tiveram aprovação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), mediante estudo prévio da região.

Os trabalhos de arqueologia tiveram três etapas (prospecção, resgate e monitoramento). O Iphan acompanhou todos os achados e autorizou o resgate do material do solo. No decorrer do trabalho de sondagem arqueológica, que durou mais de seis meses, foram 108 pontos de intervenção ao longo da via, número 65% maior do que o previsto inicialmente, de 66 furos.

Foto: Divulgação/Secom-PMS




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *