21 de abril de 2021
  • :
  • :

Guilherme Bellintani é reeleito presidente do Bahia

Guilherme Bellintani é reeleito presidente do Bahia

O Esporte Clube Bahia tem um novo presidente. Ou melhor, um velho conhecido da torcida. Aos 43 anos, o advogado Guilherme Bellintani foi reeleito com 9.941 votos (86%) dos sócios do clube que participaram da eleição ocorrida neste sábado (12).

Ele comandará o tricolor no triênio 2021-2023. Único concorrente no pleito, Lúcio Rios foi o segundo colocado com 1.648 votos (14%). A eleição atual teve 11.930 mil votos e superou a última, que contou com 4.441 tricolores. Ao todo, 20.383 sócios estavam aptos a participar da eleição.

Doutor em Desenvolvimento Regional e Urbano pela Universidade Salvador (Unifacs), Bellintani trabalhou por muitos anos na Faculdade Baiana de Direito e foi um dos fundadores do Juspodivm, editora de livros jurídicos. Além disso, teve passagem na Prefeitura de Salvador como secretário de turismo, de educação e de desenvolvimento e urbanismo.

No comando do tricolor, o gestor conquistou o tricampeonato baiano nas temporadas 2018, 2019 e 2020. Além disso, foi vice-campeão da Copa do Nordeste em duas oportunidades, perdendo o título para o Sampaio Corrêa (2018) e o Ceará (2020). Este ano vive um momento turbulento. Apesar do título estadual, perdeu o Nordestão e foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil para o River-PI. No Brasileirão, a campanha irregular faz o time brigar para se afastar da zona de rebaixamento. Já na Sul-Americana, o Esquadrão está nas quartas de final e decide a vaga na semi conta o Defensa y Justicia, da Argentina. No primeiro jogo, os rivais ganharam por 3×2 na Fonte Nova.

Em entrevista na sexta-feira (11) ao CORREIO, Bellintani projetou o futuro no tricolor. “O nosso desafio é ser criativo e entender que o destino do Bahia não é ser um clube médio do futebol brasileiro. Com essas mudanças e acertos, os resultados esportivos médios também vão mudar”, disse. Você pode conferir o papo completo clicando aqui.

Por causa da pandemia de covid-19, a votação ocorreu preferencialmente no formato on-line. Mesmo assim, a Arena Fonte Nova também contou com urnas eletrônicas para quem quisesse comparecer de forma presencial. Protocolos de segurança foram tomados para garantir o distanciamento social. O movimento foi tranquilo nas seções durante todo o dia. A votação aconteceu entre 9h e 17h.

Confira como ficou a votação para o Conselho Deliberativo:

Revolução Tricolor – 1.853 votos (16 vagas)
Independente Tricolor – 1.806 votos (15 vagas)
Convergência Tricolor – 1.312 votos (11 vagas)
Simplesmente Bahia – 1.288 votos (11 vagas)
Nova Ordem Tricolor – 1.022 votos (9 vagas)
100% Bahêa – 1.003 votos (9 vagas)
+Bahia – 889 votos (8 vagas)
Bahia na Veia – 868 votos (8 vagas)
O Bahia é de todos e todas – 725 votos (7 vagas)
Mub! – 620 votos (6 vagas)




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *