17 de janeiro de 2021
  • :
  • :

Rui Costa vai recorrer de decisão que permite eventos em Porto Seguro

Rui Costa vai recorrer de decisão que permite eventos em Porto Seguro

O governador Rui Costa afirmou que irá recorrer da autorização concedida pelo juiz Rogério Barbosa para a realização de shows e festas de Réveillon com até 200 pessoas em Porto Seguro (a 707 km de Salvador). Em decisão proferida nesta segunda-feira (28), o magistrado derrubou a liminar de proibição de eventos do tipo obtida pelo governo do estado no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), na última sexta-feira, 25.

“Penso que não se pode colocar em risco a vida das pessoas em nome de 4 festas privadas em Porto Seguro. Confio na Justiça e vamos recorrer! Nosso decreto continua proibindo shows e eventos nos 417 municípios da #Bahia e tem um objetivo: conter o avanço da #Covid19 e salvar vidas”, declarou Rui Costa, pelo Twitter na noite desta segunda.

No início do mês de dezembro, o governo havia emitido um decreto que proibia a realização de festas em toda a Bahia, independentemente do número de participantes. No entanto, o prefeito eleito de Porto Seguro, Jânio Natal (PL), já havia dito que iria liberar o funcionamento das casas de evento na região, mesmo com o número crescente de casos.

Na semana passada, a gestão estadual havia pedido urgência para proibir as quatro festas particulares que serão realizadas no fim de ano na cidade e conseguido por meio da Juíza Substituta de 2º Grau, Zandra Anunciação Alvarez Parada, do TJ-BA. No entanto, o pedido foi revogado pelo juiz Rogério Barbosa, que permitiu os eventos.

De acordo com o magistrado, a medida leva em consideração o período de verão e de alta temporada em Porto Seguro. Segundo Rogério Barbosa, a realização dos eventos em ambientes controlados pode evitar aglomerações maiores em espaços públicos. A decisão estabelece o uso obrigatório de máscaras e o distanciamento social entre as pessoas presentes.

Para o governador, no entanto, o momento é de cautela. Também pelo Twitter ele pediu sensatez ao destacar o número de baianos mortos vítimas do novo coronavírus. “Já perdemos mais de 9 mil pessoas para a Covid-19 em nosso estado. Chega! Mais do que nunca, é preciso sensatez”, ressaltou.

Foto: Divulgação/GOVBA




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *