24 de junho de 2021
  • :
  • :

Comissão de Segurança do Centro Histórico vai apurar denúncias de turistas

Comissão de Segurança do Centro Histórico vai apurar denúncias de turistas

Entidades que formam a Comissão de Segurança do Centro Histórico, representadas pela SEMOP – Secretaria de Ordem Pública, Décimo Oitavo Batalhão da Polícia Militar, BEPTUR – Batalhão em Especializado em Policiamento Turístico, Guarda Municipal, DELTUR – Delegacia de Proteção ao Turista, Diretoria de Gestão do Centro Histórico, DPC – Departamento de Polícia Civil e ACHE – Associação de Empreendedores do Centro Histórico estarão nas próximas semanas unindo esforços em defesa e em resposta às inúmeras manifestações espontâneas identificadas nas plataformas de avaliação do principal ponto turístico da cidade de Salvador, o Pelourinho.

De acordo com a ACHE, a falta de organização de algumas atividades informais tem influenciado diretamente na experiência vivida por visitantes, sejam turistas ou moradores da cidade. Denúncias de extorsão, violência, intimidação e desrespeito vem tornando o destino pouco atrativo e não recomendado pelos que buscam o lugar para passear. Todas as benfeitorias, reformas, igrejas, museus e comércio local perdem o encanto quando o visitante já na chegada é ilimitadamente assediado por pessoas ofertando produtos e serviços com práticas extorsivas.

Estima-se que dezenas de empresas querem se instalar no Centro Histórico e gerar centenas de empregos formais, mas não o fazem por conta dessa situação. Os variados perfis de atividades econômicas precisam existir, mas uma não pode influenciar no desenvolvimento da outra. O Centro Histórico precisa ser referência de acolhimento e receptividade. Os comentários nas plataformas precisam mudar e a experiência do visitante é o centro de desenvolvido econômico e geração de emprego na região.

Fotos: Divulgação/ACHE




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *