24 de junho de 2021
  • :
  • :

Seplan e SDE apresentam projeto da Fazenda Escola Modelo em Brasília

Seplan e SDE apresentam projeto da Fazenda Escola Modelo em Brasília

O apoio ao projeto de implantação da Fazenda Escola Modelo CEEP Águas, no município da Barra, foi pautado pelo vice-governador João Leão, secretário do Planejamento, nessa terça-feira (25), em Brasília. Na maratona de agenda, a comitiva baiana, composta também por Nelson Leal, secretário de Desenvolvimento Econômico, se reuniu com representantes da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e do Ministério da Ciência Tecnologia e Inovações (MCTI).

De acordo com Leão, o projeto trata-se de mais uma iniciativa no sentido de criar novos polos de desenvolvimento no estado. “A Região Metropolitana de Salvador (RMS), historicamente, concentra a maior parte da arrecadação de ICMS do Estado da Bahia e, como parte do esforço para mudar essa realidade e fomentarmos novos centros econômicos, criamos em 2016 a Agência de Desenvolvimento Territorial (AGTER), que engloba também iniciativas como o Polo Agroindustrial e Bioenergético do Médio São Francisco”, explica.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Nelson Leal, a Bahia se destaca em cenário nacional com o projeto da Fazenda Escola Modelo de Agricultura Irrigada. “Um dos pontos focais da política de desenvolvimento industrial do interior da Bahia é a qualificação da mão de obra local. Por isso o projeto da Fazenda Escola Modelo, nessa modelagem de agricultura irrigada, se destaca no Brasil. Promovemos ao cidadão do interior a qualificação técnica que o gabarita para atuar nas usinas do Polo Agroindustrial que serão instaladas na região”. Ressalta Nelson Leal.

O projeto da Fazenda Escola Modelo de Agricultura Irrigada, que está sendo instalada no Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) Águas, no município de Barra, tem como premissas a formação teórico-prática, inovação tecnológica, sustentabilidade, integração das cadeias produtivas, empreendedorismo, desenvolvimento regional e parcerias estratégicas.
Em uma área total de 200 hectares irrigados, está prevista a implantação de um complexo de agroindústrias, projetos de irrigação e pecuária que têm como objetivo tornar-se um referencial na formação agrotécnica e agroindustrial. Para tanto, conta com o apoio da iniciativa privada e das Universidades Federal do Oeste da Bahia (Ufob) e do Vale do São Francisco (Univasf). O reitor da Univasf, Paulo Fagundes, acompanhou a comitiva do governo baiano.

Fonte: Ascom/Seplan




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *