4 de dezembro de 2021
  • :
  • :

Chile aplica dose de reforço para imunizados com a CoronaVac

Chile aplica dose de reforço para imunizados com a CoronaVac

O Chile deu início à campanha de vacinação contra a Covid-19 com doses de reforço nesta quarta-feira (11). Neste primeiro momento, serão imunizadas apenas pessoas acima de 55 anos, que receberam a Coronavac. A imunização com a vacina da AstraZeneca será realizada de acordo com a ordem em que foram aplicadas as segundas doses no esquema de vacinação original.

O primeiro grupo, das pessoas que receberam a segunda dose de 1 a 14 de março, poderá ser vacinado de 11 a 20 de agosto. Os demais deverão aguardar a divulgação do calendário pelo governo.

Segundo o governo do Chile, cerca de 2 milhões de pessoas devem receber a terceira dose nas próximas quatro semanas. O esquema de imunização com a segunda dose para os demais públicos seguirá de acordo com o planejamento já estabelecido.

Avanço da vacinação – O país recebeu mais de 30,2 milhões de vacinas pelos contratos com os laboratórios Sinovac, Pfizer, CanSino, AstraZeneca e Janssen. Segundo estimativas do governo, a população-alvo é de 15.200.840 pessoas, sendo que 88,37% da população foi vacinada com dose única e primeira dose e 82,44% da população recebeu as duas doses.

Em publicação no Twitter, o presidente do Chile Sebastián Piñera chamou atenção para o início da campanha e lembrou a importância do gesto de vacinação. “É emocionante ver o compromisso e a alegria de viver dos idosos. Que ótimo exemplo para atrasados teimosos”, disse.

Segundo o governo, cerca de 1 milhão e 800 mil chilenos deixaram de se vacinar contra a Covid-19 até o momento.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *