24 de outubro de 2021
  • :
  • :

Prefeitura de Salvador inicia novas restaurações na Basílica do Bonfim

Prefeitura de Salvador inicia novas restaurações na Basílica do Bonfim

Um dos maiores símbolos de fé e devoção da Bahia, a Basílica Santuário do Senhor do Bonfim, na Cidade Baixa, passará por novas melhorias promovidas pela Prefeitura. Nesta terça-feira (17), data em que se comemora o Dia Nacional do Patrimônio Cultural, a ordem de serviço para o início das obras de restauração de diversos elementos artísticos do templo foi assinada no local pelo prefeito Bruno Reis, acompanhado da vice-prefeita Ana Paula Matos; do titular da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), Fábio Mota; e do reitor da Basílica, padre Edson Menezes.

As intervenções serão feitas nos painéis de azulejos portugueses localizados no interior do santuário (as cerca de 2,3 mil peças são do século XIX e apresentam desgastes em função do tempo), nos pisos do cancelo da capela-mor e no arco do cruzeiro. As restaurações serão feitas pela construtora Pentágono, vencedora da licitação, no prazo de seis meses. A obra conta com investimento de R$386 mil, com recursos de emenda parlamentar e aditivos da Prefeitura.

O prefeito salientou a importância do templo para o turismo e para a religiosidade da capital baiana. “A Prefeitura tem feito um esforço para recuperação de diversos equipamentos e espaços históricos que fazem parte do nosso patrimônio. Com isso, estamos dando continuidade ao processo de recuperação desde santuário tão importante para a história e a religiosidade da cidade. Essa intervenção visa proteger essa casa que é símbolo da nossa fé, e também impulsionar toda a cadeia do turismo”, declarou Bruno Reis.

“Esta é uma ação importantíssima em um dos maiores patrimônios do Brasil, que é a Igreja do Bonfim. São obras importantes para a conservação e melhoria da igreja e do conforto dos visitantes, que vêm conhecer este símbolo de religiosidade e de tradição do povo baiano e brasileiro”, ressaltou o secretário Fábio Mota.

Para o padre Edson Menezes, a iniciativa vem em um momento muito bom para dar visibilidade aos aspectos artísticos que fazem parte do tempo religioso. “A Basílica é um santuário importante enquanto referência cultural, ponto turístico e expressão da nossa fé.”

Outras ações – Para o chefe do Executivo municipal, a ação se soma a outras já realizadas pela administração municipal, a exemplo da requalificação da Colina Sagrada e da implantação do Caminho da Fé, na Avenida Dendezeiros, ligando a Basílica do Bonfim ao Santuário de Santa Dulce dos Pobres, no Largo de Roma. “Assim que a pandemia passar, todo esse conjunto de intervenções promovidas, não só aqui como no Centro Histórico, vai ajudar a reposicionar Salvador como principal polo de turismo religioso no Brasil”, completou.

A Basílica Senhor do Bonfim já passou por outras restaurações em 2019, quando foram recuperados a capela-mor, cobertura, retábulo do altar-mor e do forro, além da escada atrás do nicho, instalações elétricas, portas de acesso às sacristias, tribunas, molduras dos óculos do forro e pilastras.

Além disso, a Prefeitura entregou, também em 2019, toda a Colina Sagrada requalificada. A intervenção envolveu a colocação de nova pavimentação na Praça do Largo e na Baixa do Bonfim, sendo feita, ainda, implantação de novo Velário e da Casa da Água Benta com painel de madeira confeccionado pelo arista Bel Borba.

No entorno da basílica, as obras envolveram o redesenho da parte baixa, que ficou integrada aos arcos da Ladeira do Bonfim, com implantação de paisagismo, nova pavimentação e iluminação em LED, proporcionando ambiente mais seguro e agradável para a população.

O Mercado dos Arcos foi requalificado e o centro da Praça Euzébio de Matos ganhou um pequeno palco para realização de eventos pela comunidade. Nesse local, também foi construído um estacionamento público com baias para ônibus e vagas para vans e motocicletas.

Foto: Betto Jr./Secom-PMS




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *