17 de setembro de 2021
  • :
  • :

Baterista do Rolling Stones, Charlie Watts morre aos 80 anos

Baterista do Rolling Stones, Charlie Watts morre aos 80 anos

O baterista Charlie Watts, do Rolling Stones, morreu nesta terça-feira (24), aos 80 anos. O agente do músico divulgou comunicado informando a morte.

“É com imensa tristeza que anunciamos a morte do nosso amado Charlie Watts. Ele faleceu de forma serena hoje mais cedo num hospital em Londres, cercado por sua família”, diz o comunicado do representante.

“Charlie foi um marido, pai e avô querido e também um membro dos Rolling Stones, um dos maiores bateristas de sua geração. Gentilmente pedimos que a privacidade de sua família, colegas de banda e amigos próximos seja respeitada neste momento difícil”, concluiu o texto. O mesmo comunicado foi reproduzido pelas páginas oficiais da banda na internet.

Charlie recentemente passou por um procedimento cirúrgico que não teve detalhes divulgados – apenas foi informado que por conta do problema de saúde ele ficaria de fora da turnê da banda.

“Com os ensaios começando em algumas semanas, isso é muito decepcionante para dizer o mínimo, mas também é justo afirmar que ninguém previu isso”, afirmou Watts no anúncio feito em agosto.

“Pela primeira vez, meu ritmo tem estado um pouco estranho. Tenho trabalhado duro para estar completamente bem, mas hoje eu devo aceitar os conselhos dos especialistas que isso demorar mais um pouco”, acrescentou ainda, dizendo que não queria atrasar a turnê.

Em 2004, o músico enfrentou um câncer. Nas duas ocasiões, ele foi substituído por Steve Jordan na bateria da banda durante shows.

Charlie estava no Rolling Stones desde a formação original da banda, em 1963 – ao lado de Mick Jagger e Keith Richards, foi o único a estar em todas as formações do grupo.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *