28 de setembro de 2021
  • :
  • :

PDT vai iniciar processos de expulsão dos deputados Alex Santana e Samuel Junior

PDT vai iniciar processos de expulsão dos deputados Alex Santana e Samuel Junior

O deputado federal Félix Mendonça Júnior, presidente do PDT na Bahia, diz que ainda nesta quinta-feira (09) o partido encaminha para o Conselho de Ética o pedido de expulsão do também deputado federal Alex Santana e do estadual Samuel Júnior.

Os dois são ligados à Assembleia de Deus e anteontem foram às manifestações pró-Bolsonaro, o que irritou o presidente nacional do partido, Carlos Lupi.

As insatisfações, principalmente com Alex, são acumuladas. Na Câmara, ele sempre votou 100% com Bolsonaro, nunca com o partido.

Com Valdomiro — Félix conta que quando os dois entraram no partido disseram que em questões que ferissem os princípios doutrinários da igreja ficariam com a igreja.

— Mas nunca ficaram. Nem nas coisas bobas.

E o PDT vai pedir os mandatos dos dois? Provavelmente sim, o que significa mais perturbações, na justiça, para os parlamentares.

Samuel Júnior disse ontem que oficialmente não foi comunicado de nada, sabe do que se passa pela imprensa, mas ressalvou:

— Se eu ir a um ato de 7 de setembro vestido de verde e amarelo cantar o hino nacional é traição, vamos discutir. Agora, não tenha dúvida que o meu partido é o pastor Valdomiro. E se ele simpatiza com o presidente…

Refere-se ao pastor Valdomiro Pereira, presidente estadual da Assembleia de Deus. Samuel diz que vai lutar pelo mandato.

Eleições – O PDT baiano tem dois deputados federais, Félix Mendonça e Alex Santana, e quatro estaduais, Samuel Júnior, Roberto Carlos, Euclides Fernandes e Leo Prates, que está licenciado e ocupa a Secretaria de Saúde de Salvador.

Com a provável saída de Alex e Samuel, ainda ficam problemas pendentes. Félix e Leo fecham com Ciro Gomes para presidente e ACM Neto para o governo. Roberto diz que Ciro sim, mas Neto não e Euclides deve segui-lo.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *