24 de outubro de 2021
  • :
  • :

Campanha Plante o Bem distribui mil mudas no Parque da Cidade

Campanha Plante o Bem distribui mil mudas no Parque da Cidade

Em comemoração ao Dia da Árvore, a Secretaria de Sustentabilidade e Resiliência (Secis) distribuiu, nesta terça-feira (21), no Parque da Cidade (Itaigara), mil mudas de plantas das espécies da mata atlântica, através da ação Plante o Bem. Em troca do material de plantio, populares doaram alimentos, que serão destinados às instituições que tratam pessoas com câncer.

Na ocasião, a secretária da Secis, Edna França, destacou a importância de ações que incentivam o plantio de árvores e ressaltou o trabalho contínuo nesse sentido, realizado pela secretaria. “Apenas esse ano, nós plantamos mais de três mil árvores em Salvador, então é uma ação constante. No dia de hoje a gente reforça o valor desse elemento, essencial para nossas vidas”, disse.

A campanha Plante o Bem, além de estimular o cultivo de árvores na cidade, também desperta a prática da solidariedade. Para cada um quilo de alimento entregue na tenda, armada na entrada principal do Parque da Cidade, o cidadão recebeu uma muda de árvore de espécie da mata atlântica, bioma predominante na capital baiana.

Ao trocar um quilo de alimento não perecível por uma muda, a assistente social Lídia Borges, de 52 anos, falou sobre a valorização da árvore, como uma riqueza natural e destacou as lições que a natureza traz para construção de uma sociedade mais inclusiva.

“Em 21 de setembro, a gente planta e vê a possibilidade de colher frutos. Hoje também é o Dia de Luta da Pessoa com Deficiência, que foi escolhido justamente no Dia da Árvore para que a gente plante e colha as questões sociais firmemente, construindo uma cidade mais inclusiva. Ações como essa, que nos trazem a natureza e suas lições, são fantásticas. Estar junto com o meio ambiente é saber que cada um, através das nossas ações, devemos plantar o que há de melhor em nós”, finalizou Lídia.

Riqueza natural — A titular da Secis falou sobre a importância de criar pautas que unam questões ambientais e sociais. “A gente tem procurado conectar a sociedade, porque entendemos que a pauta ambiental, se não tiver caminhando junto com as pessoas, tende a não dar certo. Por isso, trabalhamos com ações que precisam ser executadas durante toda nossa existência, pensando no futuro das novas gerações. Então é muito importante que a gente busque, cada vez mais, estar conectando as questões da sustentabilidade com as pessoas e as suas necessidades”, afirmou Edna França.

Duas instituições receberão os alimentos arrecadados: o Grupo de Apoio à Criança com Câncer (Gacc-BA) e o Instituto Vencendo o Câncer (Ivecan), ambos com sede em Salvador. A finalidade da doação a essas instituições também é de contribuir com a campanha Setembro Verde, que trata de inclusão social, prevenção ao câncer de intestino e doação de órgãos. A meta é arrecadar uma tonelada de alimentos até o final do dia.

Foto: Otávio Santos /Secom-PMS




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *