4 de dezembro de 2021
  • :
  • :

Gabinete Português abre exposição “Eça de Queirós: Marcos Biográficos e Literários”

Gabinete Português abre exposição “Eça de Queirós: Marcos Biográficos e Literários”

A Biblioteca Infante D. Henrique do Gabinete Português de Leitura, iniciou nesta sexta-feira (05) a exposição “Eça de Queirós: Marcos Biográficos e Literários”. A mostra seguirá até o dia 12 de novembro. As visitas podem acontecer das 10h às 12h, e das 13h às 16h.

O escritor e diplomata português José Maria Eça de Queirós nasceu em 25 de novembro de 1845, em Póvoa de Varzim. Era filho de Carolina Augusta Pereira d´Eça e Dr. José Maria d´Almeida Teixeira de Queiroz. Criado pelos avós paternos, formou-se em Direito em 1866 (Universidade de Coimbra), passando então a morar em Lisboa, na casa de seus pais e a trabalhar como advogado e jornalista. Mais tarde, passou a fazer parte do Cenáculo (um grupo de intelectuais que discutia arte, política e ciência), tornou-se Administrador do Concelho de Leiria, foi nomeado cônsul e tomou posse em Havana, sendo sócio-correspondente da Academia Real das Ciências, além de ter sido nomeado cônsul em Paris.

Na mostra estão fotografias de família, anotações de viagens, principais obras e cenários representativos, homenagens aos personagens principais, aos amigos, a vida em Paris, dentre outras curiosidades. O escritor foi casado com Emília de Castro Pamplona Resende, com quem teve quatro filhos: António Eça de Queiroz, Alberto Eça de Queiroz, Maria Eça de Queirós, José Maria Eça de Queiroz. Morreu no dia 16 agosto de 1900, em sua residência, Neuilly-sur-Seine, perto de Paris.

Seguindo todos os protocolos sanitários, o público terá a oportunidade de conferir, através de 23 cartazes ilustrativos e didáticos, confeccionados pelo Instituto Camões especialmente para o Gabinete, a biografia, bibliografia e iconografia de Eça de Queirós.

A iniciativa integra a programação do projeto “Gabinete Português de Leitura: a cultura portuguesa viva na Bahia”, com apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal. Saiba mais no site www.gplsalvador.org.

Foto: Divulgação




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *