4 de dezembro de 2021
  • :
  • :

Fundação Casa de Jorge Amado vai reabrir para a Flipelô

Fundação Casa de Jorge Amado vai reabrir para a Flipelô

Por alguns meses a Fundação Casa de Jorge Amado esteve fechada ao público externo em função da pandemia. Esse tempo foi aproveitado para ampliar e modernizar os espaços expositivos e agora chegou o feliz momento da realização da Festa Literária Internacional do Pelourinho (FLIPELÔ) e a casa abre de novo as portas para o público.

“Nossa equipe aproveitou a impossibilidade de atendimento presencial para trabalhar internamente, não só dando continuidade aos processos de gestão do seu acervo documental e ao atendimento dos pesquisadores, mas, também, na ampliação e modernização dos seus espaços. Não teríamos melhor momento para apresentar estas novidades ao público”, destaca Ângela Fraga, diretora da Fundação Casa de Jorge Amado.

Mudanças – O Café-Teatro Zélia Gattai, que é ponto de encontro de artistas e intelectuais e a lojinha/livraria, que oferta produtos exclusivos e inspirados no universo de Jorge Amado, sofreram uma repaginação, com inclusão de novos elementos e cores e mais acessibilidade. O visitante tem acesso a uma interessante exposição das reproduções de capas de sucessivas edições dos livros de Jorge Amado em diversos idiomas e país, além de uma delicada exposição dedicada à escritora Zélia Gattai, companheira de Jorge Amado por mais de 50 anos.

O Mirante, que é o ponto mais alto da Fundação Casa de Jorge Amado, oferecendo uma vista única dos sobrados e igrejas do Pelourinho, assim como da Bahia de Todos os Santos, ganhou um arrojado grafite do artista visual baiano Cabuloso e uma nova decoração contextualizada com a “Bahia de Jorge Amado”.

Também foi criada a Sala Myriam Fraga, um espaço multiuso, que além de abrigar uma exposição bibliográfica em homenagem à escritora Myriam Fraga, também é reservada para a realização de cursos, palestras e reuniões. O ambiente está climatizado e tem capacidade para 30 lugares.

Histórico – A Fundação Casa de Jorge Amado foi inaugurada em 7 de março de 1987, com o objetivo de preservar e estudar os acervos bibliográficos e artísticos do escritor Jorge Amado, assim como incentivar os estudos e pesquisas sobre a literatura feita na Bahia.

O equipamento cultural é inspirado na generosa e participante vida e obra de Jorge Amado e abriga uma exposição permanente sobre a vida do escritor, constituída de edições de seus livros – publicados em 55 países nos cinco continentes -, uma extensa coleção de fotografias, cartazes e objetos que se relacionam com o autor e a sua obra. Um acervo que conta com mais de 250.000 documentos. São fotografias, recortes de jornais, artigos científicos, primeiras edições e datiloscritos dos seus livros, além de prêmios, medalhas, etc. – farto material à disposição de pesquisadores e estudiosos.

A Fundação Casa de Jorge Amado está localizada no Largo do Pelourinho, no coração da parte mais antiga da Cidade do Salvador, um cenário de intensa beleza. Reproduzido em fotos pelo mundo inteiro, cartão-postal obrigatório de quantos visitem a Cidade do Salvador, o Largo do Pelourinho é um dos marcos do imenso território que é a obra do escritor mais amado de sua terra.

Há 5 anos, a Fundação Casa de Jorge Amado realiza a FLIPELÔ, fazendo deste evento literário um dos mais importantes do País.

FLIPELÔ 2021 – A FLIPELÔ 2021 acontecerá, do dia 18 a 21 de novembro, de forma híbrida, com atividades presenciais e on-line. A programação completa está disponível no site – www.flipelo.org.br e nas redes sociais do evento: Instagram (@flipelo) e Facebook (@flipelo).

A Festa Literária Internacional do Pelourinho – FLIPELÔ 2021 é apresentada pelo Ministério do Turismo, pela Secretaria Especial da Cultura e pelo Instituto CCR, realizado na região da CCR Metrô Bahia, com patrocínio master da Rede MaterDei e Prefeitura de Salvador; patrocínio do Itaú Social, Bahiagás e Governo da Bahia; apoio do Sebrae, apoio de mídia da Rede Bahia, Salvador FM, Irdeb-Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia, ITS Brasil, Eletromídia e Ponto Outdoor e apoio institucional da Academia de Letras da Bahia. O evento é uma realização da Fundação Casa de Jorge Amado, em correalização com o Sesc e uma produção da Sole Produções.

A Fundação Casa de Jorge Amado é mantida com apoio do Fundo de Cultura do Estado da Bahia e Shopping da Bahia e é considerada um ponto de referência na geografia cultural de Salvador.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *